Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Ago de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Agência Moodys rebaixa rating da JBS por “aumento de riscos” - Jornal Brasil em Folhas
Agência Moodys rebaixa rating da JBS por “aumento de riscos”


A agência de classificação de risco Moodys rebaixou e colocou em revisão os ratings da empresa JBS. O grupo brasileiro, maior companhia de carne bovina do mundo, é um dos protagonistas da crise política no país desde a semana passada, quando vieram à tona os detalhes de delação premiada feita por seus fundadores, os irmãos Joesley e Wesley Batista.

Foram rebaixados em um nível, e colocados sob análise para novo rebaixamento, os ratings da JBS S.A e da sua subsidiária, a JBS USA. “A ação se segue à confirmação pela JBS S.A. de que sete executivos da companhia e sua controladora, a J&F investimentos, entraram em um acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República devido a alegações de corrupção”, afirma a Moodys em comunicado.

Segundo a agência, o rebaixamento deve-se ao “aumento de riscos” relacionados à possibilidade de futuras ações judiciais e problemas de governança e liquidez da empresa. A Moodys diz ter “visibilidade limitada” quanto à possibilidade de concretização desses prognósticos.

A nota informa que a agência de classificação risco vai se concentrar na obtenção de mais detalhes sobre a delação e sobre investigações criminais em curso. “Se a liquidez se deteriorar em função desses desdobramentos, a Moodys pode adotar ações adicionais em relação ao ratings antes da conclusão desse processo de análise”, ressalta.

Investidores

Na tentativa de minimizar os danos da delação premiada à economia, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participou pela manhã de teleconferência com investidores organizada pelo banco JPMorgan . Está prevista outra reunião à distância com investidores esta tarde, organizada pela corretora de valores inglesa ICAP.

O Brasil, até o momento, não sofreu rebaixamento por agências de classificação de risco por causa da nova crise política. Na sexta-feira (19) a Fitch manteve a nota de crédito do país em moeda estrangeira, com perspectiva negativa. O país permanece dois degraus abaixo do grau de investimento.

 

Últimas Notícias

Sudeste da China está em alerta perante chegada do tufão Hato
Acompanhado por milhões de pessoas, eclipse total do sol acaba nos EUA
Trump observa eclipse solar sem proteção por segundos e viraliza na rede
Presidente Buhari retorna à Nigéria após tratamento em Londres
Destroços de navio da II Guerra Mundial encontrados após 72 anos
Indiana obtém divórcio porque sua casa não tinha banheiro
Grupo de executivos adverte sobre riscos de robôs assassinos
EUA, México e Canadá defendem Nafta melhorado em ritmo rápido

MAIS NOTICIAS

 

CIDADES
Agetul diz que não ‘vê motivo’ para indenizar vítimas Mutirama

O presidente Agetul, Alexandre Magalhães, responsável pelo Parque Mutirama, disse que “não vê motivo” para indenizar as 13 pessoas que se feriram depois de um problema no brinquedo Twister.

 
 
ESPORTE
Neymar evita mal-estar com o Barcelona na apresentação no PSG

Suas primeiras palavras como jogador do Paris Saint Germain (PSG) giraram em torno de uma única ideia. “Quero desafios maiores”, repetiu Neymar em sua apresentação aos meios de comunicação em uma sala de imprensa lotada.

 
 
POLÍTICA
Partidos da base pressionam Temer por cargos de infiéis em votação

Partidos da base aliada de Michel Temer que votaram em massa a favor do presidente, derrubando a denúncia da Procuradoria-Geral da República.

 
 
MUNDO
George Pell se defende: abuso sexual é abominável

O Cardeal George Pell afirmou nesta quinta-feira que entraria de licença do Vaticano para retornar à Austrália e lutar contra as acusações de abuso sexual infantil.

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212