Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Ago de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Congresso continuará votando questões fundamentais para o país, diz Meirelles - Jornal Brasil em Folhas
Congresso continuará votando questões fundamentais para o país, diz Meirelles


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse acreditar que o Congresso Nacional continuará votando os projetos fundamentais para o país, como as reformas trabalhista e a da Previdência, apesar da crise política. “Esta é a agenda em que o Brasil está engajado e vai continuar, independentemente de qualquer coisa.”

Meirelles discursou durante o seminário Financiamento e Garantias para a Infraestrutura, promovido pela Associação Brasileira de Desenvolvimento e Indústria de Base (ABDIB) na capital paulista, e deixou o local sem falar com a imprensa.

O ministro disse que continua com agenda intensa de trabalho e reuniões com lideranças, empenhado na aprovação das reformas. “Estou, de fato, trabalhando dia e noite”, declarou. Segundo ele, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pretende votar a reforma da Previdência nas próximas semanas.

Desde a última quarta-feira (17), quando vieram à tona denúncias sobre o suposto esquema de pagamento de propina e troca de favores com empresários do grupo JBS, no âmbito das investigações da Lava Jato, o Congresso teve atividades suspensas ou canceladas e não votou nenhuma medida.

Mudanças na aposentadoria

Durante sua apresentação, Meirelles rebateu críticas à reforma da Previdência, entre elas a de que a mudança vai privilegiar os mais ricos. “Ao contrário. Hoje, os 20% de menor renda na população não conseguem contribuir os 35 anos com carteira assinada, porque acabam recorrendo ao mercado informal. Os pobres tendem a aposentar por idade. Vão contribuir mais aqueles com renda um pouco mais elevada”, argumentou.

Para o ministro, à medida que os gastos públicos diminuírem, a taxa de juros estrutural da economia deve cair. “No Brasil, ela é muito alta, sabemos disso”, disse. O Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas do país) também crescerá, na avaliação de Meirelles. A projeção dele para o período de 2018 a 2027 é de alta de 3,7% caso as reformas sejam aprovadas; e de 2,3% sem aprovação das reformas.

 

Últimas Notícias

Sudeste da China está em alerta perante chegada do tufão Hato
Acompanhado por milhões de pessoas, eclipse total do sol acaba nos EUA
Trump observa eclipse solar sem proteção por segundos e viraliza na rede
Presidente Buhari retorna à Nigéria após tratamento em Londres
Destroços de navio da II Guerra Mundial encontrados após 72 anos
Indiana obtém divórcio porque sua casa não tinha banheiro
Grupo de executivos adverte sobre riscos de robôs assassinos
EUA, México e Canadá defendem Nafta melhorado em ritmo rápido

MAIS NOTICIAS

 

CIDADES
Agetul diz que não ‘vê motivo’ para indenizar vítimas Mutirama

O presidente Agetul, Alexandre Magalhães, responsável pelo Parque Mutirama, disse que “não vê motivo” para indenizar as 13 pessoas que se feriram depois de um problema no brinquedo Twister.

 
 
ESPORTE
Neymar evita mal-estar com o Barcelona na apresentação no PSG

Suas primeiras palavras como jogador do Paris Saint Germain (PSG) giraram em torno de uma única ideia. “Quero desafios maiores”, repetiu Neymar em sua apresentação aos meios de comunicação em uma sala de imprensa lotada.

 
 
POLÍTICA
Partidos da base pressionam Temer por cargos de infiéis em votação

Partidos da base aliada de Michel Temer que votaram em massa a favor do presidente, derrubando a denúncia da Procuradoria-Geral da República.

 
 
MUNDO
George Pell se defende: abuso sexual é abominável

O Cardeal George Pell afirmou nesta quinta-feira que entraria de licença do Vaticano para retornar à Austrália e lutar contra as acusações de abuso sexual infantil.

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212