Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Jul de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Programa de proteção a adolescentes em SP não atende novas vítimas desde janeiro - Jornal Brasil em Folhas
Programa de proteção a adolescentes em SP não atende novas vítimas desde janeiro


Apesar de uma fila de 70 pedidos, o Programa de Proteção de Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM), no estado de São Paulo, não tem conseguido incluir novas vítimas desde o mês de janeiro. Estão sendo mantidos protegidos atualmente pelo programa 20 adolescentes e 40 familiares. Há dois meses, eram 34 adolescentes e 101 familiares atendidos.

O programa, que tem por objetivo preservar a vida das crianças e dos adolescentes ameaçados de morte, foi criado pelo governo federal em 2003 e regulamentado em 2007. É coordenado pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos do Ministério da Justiça em parceria com os governos estaduais. No estado de São Paulo, a Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania encabeça o programa.

“Segundo a Defensoria Pública e o próprio conselho gestor do programa, há 70 novos casos de pedidos de proteção. Eles estão correndo risco. Esses adolescentes podem morrer a qualquer momento porque essa proteção hoje não existe, não está acontecendo”, disse o coordenador da Comissão da Criança e do Adolescente do Conselho Estadual de Direitos Humanos (Condepe-SP), Ariel de Castro Alves. A Defensoria Pública, o Judiciário, o Ministério Público e os conselhos tutelares podem pedir a inclusão de adolescentes no programa.

Recursos

O governo federal não tem repassado recursos para o estado de São Paulo pelo menos desde janeiro. Segundo Castro, são duas parcelas, a primeira de R$ 600 mil, que deveria ter sido transferida em abril, e a segunda, de R$ 200 mil, prevista para julho. “Só que até agora esses recursos não entraram”. O governo do estado, que prevê investir no programa de R$ 1,08 milhão, contingenciou cerca de R$ 190 mil.

Além da diminuição dos recursos, tanto do governo federal quanto do estadual, o programa está com uma equipe menor: no ano passado tinha 14 pessoas, agora está com seis. “A importância do programa é identificar aqueles casos em que existem riscos graves à vida, integridade dos adolescentes. É o último recurso diante de casos graves de ameças iminentes”, disse o coordenador do Condepe.

Outro lado

Em nota, a Secretaria da Justiça de São Paulo disse que foi surpreendida com atrasos no repasse federal e hoje mantém o programa apenas com recursos estaduais. “O programa, que exige recursos oriundos dos orçamentos estadual e federal para sua adequada execução, passou a ser mantido apenas com os recursos do estado, valor insuficiente para o funcionamento do programa de forma plena”. A secretaria disse que há atualmente 41 pedidos para inclusão de adolescentes no programa.

A Secretaria Nacional de Direitos Humanos do Ministério da Justiça foi procurada na noite de ontem (23) pela reportagem e até o momento não se manifestou.

 

Últimas Notícias

Em Nice, feridas seguem abertas em famílias despedaçadas por atentado
Iceberg gigante se desprende da Antártica
Washington limita compra de software da empresa russa Kaspersky
Nova York anuncia plano de US$ 32 milhões contra ratos
Cientistas desenvolvem método não invasivo para avaliar artérias coronárias
Pequenas mudanças nos hábitos alimentares podem prolongar vida
Novo exame de sangue pode ajudar na detecção precoce do câncer de pâncreas
Chile experimenta semáforo para viciados em smartphones

MAIS NOTICIAS

 


MUNDO
George Pell se defende: abuso sexual é abominável

O Cardeal George Pell afirmou nesta quinta-feira que entraria de licença do Vaticano para retornar à Austrália e lutar contra as acusações de abuso sexual infantil.

 
 
TECNOLOGIA
iPhone chegava há 10 anos; conheça a birra que levou Steve Jobs a criá-lo

Alguns dos maiores aparelhos surgem de um momento de inspiração de um designer. Outros resultam de um avanço na tecnologia.

 
 
POLÍTICA
Indicada sob dúvidas, Dodge tem desafio de manter biografia intacta

A indicação da procuradora Raquel Dodge para a sucessão de Rodrigo Janot na chefia da Procuradoria-Geral da República naturalmente vem carregada de questionamentos.

 
 
POLÍTICA
STF envia denúncia contra Temer para a Câmara

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, enviou nesta quinta (29) a denúncia contra o presidente Michel Temer para a Câmara dos Deputados.

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212