Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Dez de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Projeto de lei permite transferência de passagem aérea sem ônus - Jornal Brasil em Folhas
Projeto de lei permite transferência de passagem aérea sem ônus


SÃO PAULO – Tramita desde fevereiro na Câmara um projeto de lei (PL 7006/2017) que permite mudança de nome em passagens aéreas até 24h antes do embarque. Atualmente, todos os bilhetes são pessoais e intransferíveis.

Autora da proposta, a deputada Josi Nunes (PMDB-TO) acredita que motivos de segurança alegados pelas aéreas não são suficientes para impedir que o passageiro tenha direito à troca. Ela defende, ainda, que a real justificativa para a regra atual é comercial e busca evitar a arbitragem.

Na arbitragem, a pessoa adquire a passagem a certo preço, comumente promocional, e depois a revende em data próxima à viagem, em preço superior ao da aquisição original, embora ainda inferior ao praticado no dia pelo transportador”, comentou a deputada.

Ela argumenta, ainda, que o passageiro é identificado pela aérea sempre no momento do check-in, e não antes, o que enfraqueceria o argumento da segurança. A antecedência mínima de 24 horas em relação ao horário de embarque, que está prevista no projeto de lei, é o bastante para garantir a efetividade de qualquer procedimento de segurança aplicável à identificação e averiguação do passageiro, defende.

Caso aprovado, o projeto prevê a troca tanto quando o passageiro desistir de viajar por si próprio quanto em casos de impossibilidade de embarcar.

Atualmente, regras de aviação ao redor do mundo se assemelham ao que é aplicado pela Anac, impedindo a troca de nome em passagens aéreas. O órgão permite desistência da passagem até 24 horas depois do recebimento do comprovante de pagamento, desde que a compra seja feita com antecedência maior que 7 dias da data do voo. Multas por cancelamento só não podem ser superiores ao valor da passagem.

A proposição, que tramita em regime de urgência, está agora sujeira à apreciação do Plenário da Câmara.

 

Últimas Notícias

Estádio Olímpico recebe Paradesportivos
Vinil Black Album de Prince reaparece com valores astronômicos
Vaticano lançará portal que reunirá todos os seus veículos
Três anúncios para um crime lidera indicações ao SAG
Vida parou na região birmanesa dos rohinyas, alerta Cruz Vermelha
Vice do Equador condenado a seis anos de prisão no caso Odebrecht
Trump não serve para limpar sanitários da biblioteca de Obama, diz jornal
Trump diante do tapa eleitoral do Alabama

MAIS NOTICIAS

 

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
 
 
Petrobras quer que Gleisi Hoffmann devolva R$ 1 milhão aos cofres da empresa
 
 
Marun quer finalizar CPMI da JBS antes da posse na Secretaria de Governo
 
 
Maia diz que não colocará Previdência em pauta sem ter votos para aprovação
 
 
Kassab afirma que extinção da faixa AM de rádio será um processo natural
 
 
Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212