Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Set de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Informalidade trabalhista afeta 40% dos jovens latino-americanos - Jornal Brasil em Folhas
Informalidade trabalhista afeta 40% dos jovens latino-americanos


No total, 40% dos jovens latino-americanos não fazem parte do setor formal da economia, um número que aumenta até 60% no caso das mulheres jovens, já que iniciam a vida trabalhista de forma irregular e depois encontram sérias dificuldades para se incorporar ao mercado legal.

Essa é uma das conclusões do relatório Perspectivas econômicas da América Latina 2017, apresentado nesta segunda-feira na Casa da América em Madri, onde os maiores desafios deste coletivo foram apontados como a informalidade trabalhista, as más perspectivas macroeconômicas e a falta de acesso a programas de capacitação.

Segundo o economista-chefe para a América Latina da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), Angel Melguizo, a informalidade no mercado trabalhista é uma armadilha duradoura.

Os jovens de entre 15 e 29 anos da região somam mais de 163 milhões, o equivale a uma quarta parte da população, uma cifra que evidencia que os jovens são o futuro, segundo afirmou o diretor para a Europa do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), Guillermo Fernández del Soto.

O documento, elaborado pela OCDE com o apoio da CAF e da Comissão Econômica para a América Latina (CEPAL), aponta algumas medidas para oferecer melhores oportunidades de inserção social e trabalhista para os jovens.

Melguizo propõe educar os jovens em empreendedorismo para evitar o desemprego já que, segundo afirma, os jovens empreendedores atuais têm pouca rodagem e estão pouco conectado entre si.

Segundo o relatório, os novos programas de capacitação devem olhar para o futuro desde três perspectivas, o emprego, a política e as cidades, âmbitos que hoje em dia estão desvinculados.

Há muito o que ganhar empoderando os jovens. Se passarem do setor informal ao formal e começarem a trabalhar, isto aumentará de 3% a 4% o Produto Interno Bruto (PIB) médio da região, disse Melguizo.

 

Últimas Notícias

Vereador Fábio Ideal promove sessão em homenagem aos agentes de trânsito
Embaixadora de El Salvador quer parceria comercial com Goiás
Oficinas musicais do Canto da Primavera inscrevem até segunda-feira
Detran e SMTs intensificam ações educativas
Matéria da TBC é legendada para o inglês a pedido de ONG internacional
Governo de Goiás e Prefeitura de Anápolis definem parceria para novo Daia
“Goiás se notabiliza na área de transparência e de tornar público suas políticas e gestões”, diz José Eliton
Agehab convoca 72 famílias para vistoria no Residencial Nelson Mandela

MAIS NOTICIAS

 

Países avançam sobre Acordo de Paris; EUA mantém posição
 
 
Ryanair vai cancelar 2 mil voos para melhorar pontualidade
 
 
Facebook abre laboratório de inteligência artificial no Canadá
 
 
Londres em alerta máximo enquanto procura autor de atentado no metrô
 
 
S&P eleva nota da dívida de Portugal
 
 
Mais da metade dos pilotos da Avianca entrará em greve na Colômbia

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212