Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Set de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 EUA estudam estender veto a computadores em voos, diz secretário de Segurança - Jornal Brasil em Folhas
EUA estudam estender veto a computadores em voos, diz secretário de Segurança


Washington, 28 mai (EFE).- O secretário de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Kelly, afirmou neste domingo que poderia estender ao mundo todo o veto que agora impede viajantes procedentes de dez aeroportos internacionais de levar laptops na bagagem de mão quando a origem ou destino são os Estados Unidos.

O governo de Donald Trump estuda a possibilidade de ampliar essa regra aos voos da União Europeia (UE), mas Kelly disse hoje que poderia ser aplicado em nível mundial para os voos com origem ou destino nos Estados Unidos.

Existe uma ameaça real, são muitas contra a aviação, porque é com isso que os terroristas estão obcecados, com a ideia de derrubar um avião em pleno voo, principalmente se for de companhia americana, garantiu Kelly, em entrevista com ao canal Fox News.

Ele revelou que a decisão terá como base informações de inteligência que os Estados Unidos têm e contará com a cooperação de aliados no resto do mundo. O veto impediria a entrada nas cabines das aeronaves de aparatos eletrônicos maiores do que um celular, ou seja, tablets, câmaras e livros eletrônicos, entre outros, que deveriam ser despachados com o restante da bagagem.

Em março, o governo americano proibiu esses aparelhos na bagagem de mão em voos sem escalas vindos de dez aeroportos internacionais em oito países de maioria muçulmana: Jordânia, Kuwait, Egito, Turquia, Arábia Saudita, Marrocos, Catar e Emirados Árabes Unidos.

Kelly planeja agora expandir a determinação aos voos provenientes da União Europeia, um assunto sobre o qual as autoridades americanas e europeias conversaram no último dia 17 em uma reunião em Bruxelas. Supostamente, a ideia do veto é impedir a entrada bombas escondidas em aparelhos eletrônicos nos aviões.

Em abril, em entrevista concedida ao canal CNN, o secretário de Segurança informou que grupos jihadistas desenvolveram bombas que se camuflam em dispositivos eletrônicos e que são capazes de enganar os controles de segurança dos aeroportos. EFE

 

Últimas Notícias

Instituto Gustav Ritter homenageia o maestro Tom Jobim
Balestreri destaca credibilidade em aula inaugural para novos bombeiros
Goiás é destaque em exposição internacional na Romênia
Fim de semana com pancadas de chuvas isoladas em Goiás
Ipea analisa o desempenho dos indicadores de atividade econômica
Crer expõe artesanatos feitos pelos pacientes
Mobilização da Lei Seca integra ações da Semana Nacional de Trânsito
Crer completa 15 anos inovando em práticas e qualidade nos atendimentos

MAIS NOTICIAS

 

Países avançam sobre Acordo de Paris; EUA mantém posição
 
 
Ryanair vai cancelar 2 mil voos para melhorar pontualidade
 
 
Facebook abre laboratório de inteligência artificial no Canadá
 
 
Londres em alerta máximo enquanto procura autor de atentado no metrô
 
 
S&P eleva nota da dívida de Portugal
 
 
Mais da metade dos pilotos da Avianca entrará em greve na Colômbia

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212