Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Set de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 SP: ato da Frente Brasil Popular lança propostas emergenciais para sair da crise - Jornal Brasil em Folhas
SP: ato da Frente Brasil Popular lança propostas emergenciais para sair da crise


A Frente Brasil Popular fez um ato na noite de ontem (29) em defesa das eleições diretas e para lançar o Plano Popular de Emergência, que contém propostas para o enfrentamento da crise econômica, política e social. Entre as medidas do plano estão a antecipação das eleições presidenciais para 2017, aprovação da reforma política e revogação das leis do teto de gastos e da terceirização. O evento ocorreu no Teatro da Pontifícia Universidade Católica (Tuca), na capital paulista.

“As entidades que fazem parte da Frente acreditam que a sociedade deve participar desse momento e discutir qual o rumo que o Brasil deve seguir”, divulgou a Frente, que é formada por mais de 60 organizações e defende “a retomada das conquistas democráticas, do Estado Democrático de Direito, do desenvolvimento, crescimento, soberania nacional e justiça social”.

O ex-ministro da Ciência e Tecnologia e cientista político Roberto Amaral discursou no ato e destacou alguns pontos do plano. “O eixo do nosso programa é a democracia, porque a democracia é o regime que interessa ao povo. Por isso a democracia frequentemente [é] vilipendiada, fraturada e agredida pelas classes dominantes. O objetivo do nosso programa é o desenvolvimento econômico com distribuição de renda, porque esse é o regime que interessa ao povo trabalhador”, disse.

O membro da coordenação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stedile, disse que o objetivo da Frente não é convencer candidatos a adotar o plano, mas convencer o povo de sua importância. “Se o povo se convencer do programa alternativo, é esse povo que vai fazer o candidato se comprometer com ele”, disse.

Segundo a Frente, o plano de emergência tem o objetivo de contribuir com o debate e apresentar uma saída emergencial, elaborado em torno de dez eixos: democratização do Estado; política de desenvolvimento, emprego e renda; reforma agrária e agricultura familiar; reforma tributária; direitos sociais e trabalhistas; direito à saúde, à educação, à cultura, à moradia; segurança pública; direitos humanos e cidadania; defesa do meio ambiente; e política externa soberana.

“Trata-se de implementar um projeto nacional de desenvolvimento que vise a fortalecer a economia nacional, o desenvolvimento autônomo e soberano, enfrentar a desigualdade de renda, de fortuna e de patrimônio como veios fundamentais para a reconstrução da economia brasileira, para a recomposição do mercado interno de massas, da indústria nacional, da saúde financeira do Estado e da soberania nacional, um modelo social baseado no bem-estar e na democracia”, diz o documento.

Estiveram presentes no ato figuras públicas como o vereador paulistano Eduardo Suplicy (PT); o jornalista Fernando Moraes; a jornalista Laura Capriglione; o presidente do PC do B, Valter Sorrentino; Jamil Murad (PC do B); coordenador do Centro de Estudos da Mídia Barão de Itararé, Altamiro Borges; o presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Adilson Araújo; coordenador da Central de Movimentos Populares (CMP), Raimundo Bonfim; o ator e militante Sérgio Mamberti; o ex- prefeito Fernando Haddad; o jornalista Audálio Dantas; a reitora da PUC, Maria Amália Anderi; o jornalista Paulo Moreira Leite; o diretor da Federação Única dos Petroleiros (FUP), João Antônio de Moraes; o representante do Movimento Atingidos por Barragens (MAB), Jadir Bonacina, entre outros.

 

Últimas Notícias

Agehab finaliza eleição de síndicos da primeira etapa do residencial Nelson Mandela
Fome dispara no mundo em 2016 pela primeira vez em uma década
Sonda Cassini se desintegra na atmosfera de Saturno após missão de 13 anos
Facebook elimina filtros antissemitas para anunciantes
Segundo Oxford, o zero é muito mais antigo do que se pensa
Países avançam sobre Acordo de Paris; EUA mantém posição
Ryanair vai cancelar 2 mil voos para melhorar pontualidade
Ryanair vai cancelar 2 mil voos para melhorar pontualidade

MAIS NOTICIAS

 

CIDADES
Países avançam sobre Acordo de Paris; EUA mantém posição
 
 
CIDADES
Ryanair vai cancelar 2 mil voos para melhorar pontualidade
 
 
CIDADES
Facebook abre laboratório de inteligência artificial no Canadá
 
 
CIDADES
Londres em alerta máximo enquanto procura autor de atentado no metrô
 
 
CIDADES
S&P eleva nota da dívida de Portugal
 
 
CIDADES
Mais da metade dos pilotos da Avianca entrará em greve na Colômbia

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212