Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Dez de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Petrobras cancela contrato de fornecimento de gás para UTE Cuiabá - Jornal Brasil em Folhas
Petrobras cancela contrato de fornecimento de gás para UTE Cuiabá


A Petrobras notificou hoje (8) a empresa Âmbar Energia, do grupo J&F Investimentos, da extinção antecipada de contrato de fornecimento de gás natural para a Usina Termelétrica Mário Covas, conhecida como UTE Cuiabá, em função de violação de cláusula contratual que trata de legislação anticorrupção. A informação consta de fato relevante enviado pela estatal ao mercado.

A Petrobras pretende cobrar indenização pelo descumprimento das cláusulas contratuais, avaliada em torno de R$ 70 milhões. Para isso, considera o prazo contratual remanescente entre a data da extinção contratual, que acontece dez dias após a notificação, e o término original, que seria em 31 de dezembro próximo.

O contrato com a Âmbar foi firmado no dia 13 de abril deste ano. Na cláusula estabelecida no contrato, a empresa declarou não ter feito pagamento ou oferecido qualquer vantagem indevida a qualquer autoridade pública.

A Petrobras salienta, porém, ter tomado conhecimento das gravações de delações premiadas de executivos do grupo J&F, nas quais relatam ter cometido atos que violam a legislação anticorrupção vigente no país.

A estatal esclareceu que, durante as negociações contratuais, não aceitou pautar o preço contratual de acordo com os preços de importação do gás da Bolívia, conforme demandado pela Âmbar, porque estaria abaixo das condições de preços da companhia.

“Desta maneira, as condições de preço acordadas foram baseadas em critérios de mercado e que espelham contratos assinados pela Petrobras com outros clientes. No contrato que está sendo rescindido, o preço vigente é de US$ 6,07/MMBtu (milhão de Unidades Térmicas Britânicas), enquanto o valor das importações bolivianas é de US$ 4,29/MMBtu”.

Próximos passos

Em nota, a Âmbar Energia confirmou ter recebido notificação da Petrobras sobre o cancelamento do contrato de fornecimento de gás para a UTE Cuiabá. A companhia está avaliando o comunicado da estatal para decidir quais serão os próximos passos.

A empresa esclareceu que “não é nem nunca foi alvo de investigações de atos de corrupção”, acrescentando que todos os fatos relatados na delação premiada por executivos da J&F se dão no âmbito da holding, e não da Âmbar.

Salientou, também, que, no acordo de leniência assinado pela J&F com o Ministério Público Federal (MPF), “todas as controladas da holding estão autorizadas a celebrar contratos com instituições e empresas públicas”.

 

Últimas Notícias

Estádio Olímpico recebe Paradesportivos
Vinil Black Album de Prince reaparece com valores astronômicos
Vaticano lançará portal que reunirá todos os seus veículos
Três anúncios para um crime lidera indicações ao SAG
Vida parou na região birmanesa dos rohinyas, alerta Cruz Vermelha
Vice do Equador condenado a seis anos de prisão no caso Odebrecht
Trump não serve para limpar sanitários da biblioteca de Obama, diz jornal
Trump diante do tapa eleitoral do Alabama

MAIS NOTICIAS

 

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
 
 
Petrobras quer que Gleisi Hoffmann devolva R$ 1 milhão aos cofres da empresa
 
 
Marun quer finalizar CPMI da JBS antes da posse na Secretaria de Governo
 
 
Maia diz que não colocará Previdência em pauta sem ter votos para aprovação
 
 
Kassab afirma que extinção da faixa AM de rádio será um processo natural
 
 
Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212