Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Dez de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Nepal inicia medição do Everest para constatar alterações após terremoto - Jornal Brasil em Folhas
Nepal inicia medição do Everest para constatar alterações após terremoto


Katmandu, 16 jun (EFE).- O Departamento de Cartografia (Dos) do Nepal iniciou a medição do Everest, estabelecida em 1954 em 8.848 metros pelo topógrafo indiano B.L Gulatee, para determinar se sofreu alguma alteração após o terremoto de abril de 2015, que deixou 9 mil mortos.

Começamos a primeira fase de medição, denominada nivelamento, indicou nesta sexta-feira à Agência Efe o diretor-geral do DoS, Ganesh Prasad Bhatta, sobre um processo que entrou em andamento no domingo em Bansghari, a 140 quilômetros ao sul do pico mais alto do mundo.

Os resultados, que devem ser divulgados em cerca de dois anos, revelarão se a altura do Everest experimentou alguma modificação por causa do terremoto e suas réplicas e pelo contínuo deslocamento das placas tectônicas, como sugeriram diferentes estudos, detalhou Bhatta.

O projeto utilizará a tecnologia mais avançada para realizar medições gravimétricas e de altura, avaliações matemática e inspeções com GPS.

Contaremos com ajuda de especialistas e cientistas internacionais, ao mesmo tempo que utilizaremos a última geração de equipamentos para realizar a medição, afirmou o diretor-geral, ao confirmar a participação da Associação Internacional de Geodesia.

O diretor-geral descartou, no entanto, o envolvimento do Serviço de Cartografia da Índia, um organismo dependente do Departamento de Ciência e Tecnologia do Governo de Nova Délhi, que em janeiro anunciou unilateralmente que este ano mediria a montanha mais alta do mundo.

O projeto do Nepal requerer um investimento de cerca de de US$ 1,4 milhão, dos quais por enquanto o Governo de Katmandu outorgou ao DoS cerca de US$ 194 mil.

O teto do mundo foi situado em 1954 pelo topógrafo indiano B.L Gulatee em 8.848 metros, uma medida retificada em 1975, quando o Nepal e a China reconheceram a fronteira compartilhada e fixaram a altura do pico em 8.848,13 metros.

Em 1999, uma equipaeda Sociedade Nacional Geográfica dos EUA determinou utilizando tecnologia GPS que o Everest media 8.850 metros, mais um de neve.

E em 2006, a China rebaixou ligeiramente a altura ao anunciar que, segundo os seus estudos, a montanha mais alta do mundo tinha na realidade 8.844,4 metros, aos quais deviam se somar 3,5m de neve.

Quase dois meses após o terremoto que atingiu o Nepal em abril de 2015, cientistas chineses da Administração Nacional de Cartografia e Informação Geológica asseguraram que após o tremor o teto do mundo se deslocou três centímetros em direção sudoeste, enquanto sua altura não apresentou mudanças.

Acredita-se que a cordilheira do Himalaia aumente a cada ano cerca de quatro milímetros devidos ao movimento das placas tectônicas.

O Himalaia se formou há 50 milhões de anos a partir do choque das placas indo-asiática e eurasiática, um movimento tectônico que transforma esta zona em uma das mais ativas desde o ponto de vista sísmico.

 

Últimas Notícias

Brinquedo fecha ano com 9,5% de crescimento e busca 70% de mercado até 2021
Mercedes-Benz do Brasil investe no desenvolvimento profissional de jovens
“2018 será um dos anos mais importantes da história do Brasil”, diz Marcon
Educação de Goiás é destaque em seminário nacional
Prefeito diz que Palmeiras de Goiás avançou muito com Marconi
Moto Aires inaugura nova loja em Aparecida de Goiânia
TSE quer canal de denúncia para combater fake news na eleição de 2018
Johnny Hallyday é enterrado na ilha caribenha de St. Barth

MAIS NOTICIAS

 

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
 
 
Petrobras quer que Gleisi Hoffmann devolva R$ 1 milhão aos cofres da empresa
 
 
Marun quer finalizar CPMI da JBS antes da posse na Secretaria de Governo
 
 
Maia diz que não colocará Previdência em pauta sem ter votos para aprovação
 
 
Kassab afirma que extinção da faixa AM de rádio será um processo natural
 
 
Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212