Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 ONU alerta que 100 mil civis estão presos na cidade síria de Raqa - Jornal Brasil em Folhas
ONU alerta que 100 mil civis estão presos na cidade síria de Raqa


A ONU estimou nesta quarta-feira que cerca de 100.000 civis estão bloqueados em Raqa, principal reduto do grupo extremista Estado Islâmicos (EI) na Síria, que as Forças Democráticas Sírias (FDS) tentam recuperar.

Com a intensificação dos ataques aéreos e combates no chão, o número de vítimas civis aumenta e as vias de fuga se fecham, uma após a outra, declarou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos em um comunicado.

Segundo dados recolhidos pelo organismo, cerca de 100.000 civis estão atualmente bloqueados em Raqa e ao menos 173 civis – uma estimativa prudente, uma vez que o número poderia ser muito maior - foram mortos nos combates desde 1º de junho.

Localizada no norte do país e às margens do rio Eufrates, Raqa contava com cerca de 300.000 habitantes, em sua maioria árabes sunitas.

A cidade também era habitada por milhares de cristãos armênios e siríacos, enquanto os curdos chegavam a representar 20% de sua população.

A batalha de Raqa é a mais emblemática para as FDS, que estão envolvidas nos combates contra os extremistas há vários meses com o apoio de uma coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

A coalizão realiza ataques aéreos e fornece conselheiros, armas e equipamentos para as tropas das FDS, uma aliança árabe-curda.

Os bombardeios das últimas três semanas em Raqa deixaram os civis em um estado de completo terror e confusão. Eles tentam se refugiar das atrocidades cometidas pelos soldados do Daesh (acrônimo em árabe do EI) e dos combates conduzidos para derrotá-los, revela o alto comissário, Zeid Raad Al Hussein, citado em um comunicado.

O grande número de vítimas civis mostra que as partes devem se esforçar muito mais para assegurar a proteção da população civil, acrescentou.

Zeid pede às partes envolvidas no conflito que implementem medidas que permitam os civis de fugir em segurança dos combates.

Também lança um apelo a todas as forças, incluindo as tropas apoiadas pela coalizão internacional, para que sejam vigilantes quanto ao respeito das leis internacionais e investiguem de forma rápida e eficaz todas as denuncias de vítimas civis.

Segundo o Alto Comissariado, as FDS também seriam acusadas de violações dos direitos Humanos e de abusos de seus direitos nas áreas que controlam, principalmente na cidade de Tabqa.

Nesse sentido, o comunicado cita saques, sequestros e detenções arbitrárias, bem como o recrutamento de crianças.

Segundo a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), os combatentes sírios apoiados pelos Estados Unidos controlam 25% da cidade de Raqa.

O EI controla desde 2014 a cidade de Raqa, sua capital de fato na Síria.

 

Últimas Notícias

Marconi presta homenagem a Aristides Junqueira, “grande guardião da Constituição de 1988”
Fux diz que decisão da Alerj é promíscua e será revista pelo STF
Marlúcio e Isaura Lemos promovem audiência pela consciência negra
Prefeitas goianas prestam homenagem ao governador em agradecimento pela parceria administrativa
Instituto de Identificação vai entregar carteira de identidade em 30 dias na capital
Nota Goiana inscreve até domingo para sorteio deste mês
IMB/Segplan e IBGE divulgam PIB de Goiás
Goiás sem Fronteiras promove última reunião com pais e alunos antes da viagem de jovens para os EUA

MAIS NOTICIAS

 

Estado entrega mais de 100 moradias em Mara Rosa e Cheque Mais Moradia para Amaralina e Bonópolis
 
 
Câmara aprova mais 81 municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo na Sudene
 
 
Disputa entre taxistas e motoristas de aplicativos agora vai para a Câmara
 
 
Temer volta a Brasília e deve retomar agenda de trabalho no Planalto
 
 
Ministro da Justiça confirma críticas à segurança do estado do Rio
 
 
Banco Safra pagará US$ 10 milhões por movimentar dinheiro desviado por Maluf

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212