Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Ago de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Aliados de Trump negociam para evitar fracasso de plano de saúde - Jornal Brasil em Folhas
Aliados de Trump negociam para evitar fracasso de plano de saúde


Senadores do Partido Republicano, do presidente americano, Donald Trump, realizavam nesta terça-feira agitadas negociações para evitar um fracasso do plano de saúde pública com o qual pretendem substituir o modelo atual, o Obamacare.

O partido já tem uma nova versão do programa pronta, depois de um plano que a própria Casa Branca retirou no último minuto antes de um fracasso definitivo, mas divisões em suas próprias fileiras fazem prever que será muito difícil conseguir a sua aprovação no Congresso.

Esta nova versão elaborada pelos líderes partidários no Senado já foi colocada oficialmente na agenda da Câmara, mas carece de votos necessários pois um grupo de legisladores adiantou que não está disposto a apoiá-la.

A eliminação do sistema de seguros médicos conhecido como Obamacare foi uma promessa central da campanha de Trump, mas o governo até agora não conseguiu montar um plano coerente capaz de ser aprovado no Senado.

Os legisladores democratas se opõem a apoiar uma lei que acabe com um sistema que consideram o maior legado do ex-presidente Barack Obama.

Nas fileiras republicanas, por sua vez, pelo menos três legisladores ultraconservadores consideram que o novo plano não se distancia o suficiente do sistema Obamacare e desejam um plano ainda mais radical.

Além disso, uma senadora republicana de perfil moderado considera que o novo plano terá um impacto devastador entre as famílias mais pobres e, por isso, não está disposta a votá-lo.

Com esses quatro votos contra, o plano está condenado ao fracasso.

Neste cenário, o Gabinete de Orçamento do Congresso emitiu um relatório demolidor sobre o plano de saúde proposto pelos republicanos.

De acordo com o relatório, esse plano reduziria em 10 anos o gasto público em saúde em 321 bilhões de dólares, mas deixaria um contingente de 22 milhões de pessoas sem nenhuma cobertura de saúde pública.

 

Últimas Notícias

Sudeste da China está em alerta perante chegada do tufão Hato
Acompanhado por milhões de pessoas, eclipse total do sol acaba nos EUA
Trump observa eclipse solar sem proteção por segundos e viraliza na rede
Presidente Buhari retorna à Nigéria após tratamento em Londres
Destroços de navio da II Guerra Mundial encontrados após 72 anos
Indiana obtém divórcio porque sua casa não tinha banheiro
Grupo de executivos adverte sobre riscos de robôs assassinos
EUA, México e Canadá defendem Nafta melhorado em ritmo rápido

MAIS NOTICIAS

 

CIDADES
Agetul diz que não ‘vê motivo’ para indenizar vítimas Mutirama

O presidente Agetul, Alexandre Magalhães, responsável pelo Parque Mutirama, disse que “não vê motivo” para indenizar as 13 pessoas que se feriram depois de um problema no brinquedo Twister.

 
 
ESPORTE
Neymar evita mal-estar com o Barcelona na apresentação no PSG

Suas primeiras palavras como jogador do Paris Saint Germain (PSG) giraram em torno de uma única ideia. “Quero desafios maiores”, repetiu Neymar em sua apresentação aos meios de comunicação em uma sala de imprensa lotada.

 
 
POLÍTICA
Partidos da base pressionam Temer por cargos de infiéis em votação

Partidos da base aliada de Michel Temer que votaram em massa a favor do presidente, derrubando a denúncia da Procuradoria-Geral da República.

 
 
MUNDO
George Pell se defende: abuso sexual é abominável

O Cardeal George Pell afirmou nesta quinta-feira que entraria de licença do Vaticano para retornar à Austrália e lutar contra as acusações de abuso sexual infantil.

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212