Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Facebook começa a produzir seus próprios programas e séries - Jornal Brasil em Folhas
Facebook começa a produzir seus próprios programas e séries


O Facebook começou a produzir séries e game shows para difundir na rede social, uma tendência à que aderiram muitas grandes companhias de internet

O Facebook começou a produzir séries e game shows para difundir na rede social, indicou a empresa na segunda-feira à AFP, confirmando uma informação do Wall Street Journal, uma tendência à que aderiram muitas grandes companhias de internet.

A plataforma de cerca de dois bilhões de usuários mensais (1,94 bilhão no final de março) trabalha neste projeto com um pequeno grupo de sócios e criadores, indicou Nick Grudin, vice-presidente de parcerias de mídia do Facebook, em um comunicado enviado à AFP.

Nosso objetivo é fazer do Facebook um lugar onde as pessoas possam se unir em torno do vídeo, disse Grudin, observando que a rede social e seus colaboradores vão experimentar os tipos de programas nos que você pode construir uma comunidade ao redor - do esporte à comédia, passando pelos reality shows e pelos game shows.

Por enquanto, estes programas estão sendo financiados diretamente pelo Facebook, mas com o tempo queremos ajudar muitos criadores a fazer vídeos financiados por um sistema de compartilhamento de receita como o Ad Break, uma ferramenta de software que permite inserir publicidade nos conteúdos difundidos ao vivo pela rede social.

O Facebook não revelou a identidade dos seus sócios de produção de conteúdo.

De acordo com o Wall Street Journal, representantes da rede social estão se reunindo com executivos de estúdios de Hollywood, agencias de representação de atores e criativos da televisão e do cinema.

Segundo o jornal econômico, o Facebook se dispõe a desembolsar até três milhões de dólares por episódio produzido, o orçamento de um programa de alta qualidade para a televisão a cabo nos Estados Unidos.

O gigante californiano planeja colocar on-line os primeiros programas no final do verão boreal.

O desenvolvimento de conteúdos próprios é uma tendência entre os principais atores da internet, que durante muito tempo se limitaram a abrir suas plataformas a programas produzidos por outros.

Netflix, Amazon e a plataforma de televisão on-line Hulu (empresa conjunta da Disney, Comcast, 21st Century Fox e Time Warner), se voltaram para esta tendência, seguidos mais recentemente por YouTube e Apple, em uma escala mais modesta.

 

Últimas Notícias

Marconi presta homenagem a Aristides Junqueira, “grande guardião da Constituição de 1988”
Fux diz que decisão da Alerj é promíscua e será revista pelo STF
Marlúcio e Isaura Lemos promovem audiência pela consciência negra
Prefeitas goianas prestam homenagem ao governador em agradecimento pela parceria administrativa
Instituto de Identificação vai entregar carteira de identidade em 30 dias na capital
Nota Goiana inscreve até domingo para sorteio deste mês
IMB/Segplan e IBGE divulgam PIB de Goiás
Goiás sem Fronteiras promove última reunião com pais e alunos antes da viagem de jovens para os EUA

MAIS NOTICIAS

 

Estado entrega mais de 100 moradias em Mara Rosa e Cheque Mais Moradia para Amaralina e Bonópolis
 
 
Câmara aprova mais 81 municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo na Sudene
 
 
Disputa entre taxistas e motoristas de aplicativos agora vai para a Câmara
 
 
Temer volta a Brasília e deve retomar agenda de trabalho no Planalto
 
 
Ministro da Justiça confirma críticas à segurança do estado do Rio
 
 
Banco Safra pagará US$ 10 milhões por movimentar dinheiro desviado por Maluf

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212