Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Set de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Brasil superará EUA como maior produtor de soja do mundo em 2026, diz FAO - Jornal Brasil em Folhas
Brasil superará EUA como maior produtor de soja do mundo em 2026, diz FAO


Santiago (Chile), 10 jul (EFE).- O Brasil superará os Estados Unidos como maior produtor mundial de soja em 2026, registrando um crescimento anual estimado de 2,6%, afirmou nesta segunda-feira a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

No relatório Perspectivas Agrícolas 2017-2026, publicado em conjunto pela FAO e pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento (OCDE), a produção global de soja crescerá em um ritmo de 1,9% ao ano, abaixo dos 4,9% registrados na última década.

Como consequência, a previsão é de que as exportações de soja em 2026 sejam dominadas por Brasil e EUA que, juntos representam quase 80% do comércio mundial do produto.

O relatório da FAO e da OCDE, que reúne projeções sobre os principais produtos agrícolas para os próximos dez anos, indica que a Argentina e o Brasil registraram a maior expansão nas áreas de cultivo na última década, com 10 e 8 milhões de hectares.

No período analisado pelo documento, a produção global de cereais crescerá 1% ao ano. Só o milho e o arroz registrarão, segundo a FAO, uma expansão de produção de 14% e 10%, respectivamente.

No caso do milho, a expansão da área representa 10% do aumento total da produção, motivada especialmente pela ampliação da superfície cultivada na América Latina, que passará de 33,5 milhões de hectares para 35,7 milhões em 2026.

Sobre as exportações de carne, o relatório indica que os países desenvolvidos contribuirão com mais da metade das exportações até 2026, mas sua participação diminuirá de maneira constante.

No entanto, os dois maiores produtores, Brasil e Estados Unidos, devem ampliar suas exportações de carne em 44%, contribuindo com quase 70% do crescimento previsto para a próxima década.

Em relação ao etanol, espera-se que a demanda brasileira se expanda em 6 bilhões de litros no período analisado, atingindo um crescimento de 10% até 2019. A expansão provocará um aumento de produção de mais de 40% nos próximos dez anos. EFE

 

Últimas Notícias

Vereador Fábio Ideal promove sessão em homenagem aos agentes de trânsito
Embaixadora de El Salvador quer parceria comercial com Goiás
Oficinas musicais do Canto da Primavera inscrevem até segunda-feira
Detran e SMTs intensificam ações educativas
Matéria da TBC é legendada para o inglês a pedido de ONG internacional
Governo de Goiás e Prefeitura de Anápolis definem parceria para novo Daia
“Goiás se notabiliza na área de transparência e de tornar público suas políticas e gestões”, diz José Eliton
Agehab convoca 72 famílias para vistoria no Residencial Nelson Mandela

MAIS NOTICIAS

 

Países avançam sobre Acordo de Paris; EUA mantém posição
 
 
Ryanair vai cancelar 2 mil voos para melhorar pontualidade
 
 
Facebook abre laboratório de inteligência artificial no Canadá
 
 
Londres em alerta máximo enquanto procura autor de atentado no metrô
 
 
S&P eleva nota da dívida de Portugal
 
 
Mais da metade dos pilotos da Avianca entrará em greve na Colômbia

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212