Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Brasil superará EUA como maior produtor de soja do mundo em 2026, diz FAO - Jornal Brasil em Folhas
Brasil superará EUA como maior produtor de soja do mundo em 2026, diz FAO


Santiago (Chile), 10 jul (EFE).- O Brasil superará os Estados Unidos como maior produtor mundial de soja em 2026, registrando um crescimento anual estimado de 2,6%, afirmou nesta segunda-feira a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

No relatório Perspectivas Agrícolas 2017-2026, publicado em conjunto pela FAO e pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento (OCDE), a produção global de soja crescerá em um ritmo de 1,9% ao ano, abaixo dos 4,9% registrados na última década.

Como consequência, a previsão é de que as exportações de soja em 2026 sejam dominadas por Brasil e EUA que, juntos representam quase 80% do comércio mundial do produto.

O relatório da FAO e da OCDE, que reúne projeções sobre os principais produtos agrícolas para os próximos dez anos, indica que a Argentina e o Brasil registraram a maior expansão nas áreas de cultivo na última década, com 10 e 8 milhões de hectares.

No período analisado pelo documento, a produção global de cereais crescerá 1% ao ano. Só o milho e o arroz registrarão, segundo a FAO, uma expansão de produção de 14% e 10%, respectivamente.

No caso do milho, a expansão da área representa 10% do aumento total da produção, motivada especialmente pela ampliação da superfície cultivada na América Latina, que passará de 33,5 milhões de hectares para 35,7 milhões em 2026.

Sobre as exportações de carne, o relatório indica que os países desenvolvidos contribuirão com mais da metade das exportações até 2026, mas sua participação diminuirá de maneira constante.

No entanto, os dois maiores produtores, Brasil e Estados Unidos, devem ampliar suas exportações de carne em 44%, contribuindo com quase 70% do crescimento previsto para a próxima década.

Em relação ao etanol, espera-se que a demanda brasileira se expanda em 6 bilhões de litros no período analisado, atingindo um crescimento de 10% até 2019. A expansão provocará um aumento de produção de mais de 40% nos próximos dez anos. EFE

 

Últimas Notícias

Marconi presta homenagem a Aristides Junqueira, “grande guardião da Constituição de 1988”
Fux diz que decisão da Alerj é promíscua e será revista pelo STF
Marlúcio e Isaura Lemos promovem audiência pela consciência negra
Prefeitas goianas prestam homenagem ao governador em agradecimento pela parceria administrativa
Instituto de Identificação vai entregar carteira de identidade em 30 dias na capital
Nota Goiana inscreve até domingo para sorteio deste mês
IMB/Segplan e IBGE divulgam PIB de Goiás
Goiás sem Fronteiras promove última reunião com pais e alunos antes da viagem de jovens para os EUA

MAIS NOTICIAS

 

Estado entrega mais de 100 moradias em Mara Rosa e Cheque Mais Moradia para Amaralina e Bonópolis
 
 
Câmara aprova mais 81 municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo na Sudene
 
 
Disputa entre taxistas e motoristas de aplicativos agora vai para a Câmara
 
 
Temer volta a Brasília e deve retomar agenda de trabalho no Planalto
 
 
Ministro da Justiça confirma críticas à segurança do estado do Rio
 
 
Banco Safra pagará US$ 10 milhões por movimentar dinheiro desviado por Maluf

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212