Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Jul de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Artistas urbanos usam tintas para combater extremismo islâmico em Jacarta - Jornal Brasil em Folhas
Artistas urbanos usam tintas para combater extremismo islâmico em Jacarta


Jacarta, 14 jul (EFE). - Pinturas com temas de paz, tolerância e união decoram muros de Jacarta em resposta aos dois ataques suicidas islâmicos que aconteceram há um mês e meio e mataram três policiais em uma estrada da capital da Indonésia.

Ao todo, cinco artistas - quatro homens e uma mulher - decidiram, alguns dias depois, recorrer à arte urbana para lutar contra o medo e através de espaços públicos com o projeto Reclaim: Jakarta (Recupera Jacarta). Ideia do artista Isrol Triono - conhecido como Media Legal - e da iniciativa global de arte Micro Galleries, a proposta vingou com uma campanha de financiamento coletivo que arrecadou US$ 1.100 (R$ 3.500) em menos de 24 horas.

Além de Isrol, os artistas indonésios Aryo Dewa Bharata, Robowobo, Dan Wacky e Nur Nus assinam os vários murais, grafites e pôsteres que surgiram no dia 8 de junho no sul e no leste da capital do país com a maior população muçulmana do mundo.

É uma resposta positiva para a bomba recente no leste de Jacarta, a bomba de Kampung Melayu, para passar do medo para atitudes mais positivas, disse à Agência Efe Robowobo na loja onde vende latas de spray para grafitar.

Desde o atentado de 24 de maio, que foi reivindicado pelo Estado Islâmico (EI) e atribuído pelas autoridades a um dos seus grupos filiados na Indonésia, o Jamaah Ansharut Tauhid, outros dois ataques jihadistas aconteceram, ambos com armas brancas.

Coisas ruins continuam acontecendo porque pessoas boas se negam a fazer algo a respeito, dizia a mensagem em um dos desenhos de Aryo Dewa Bharata, agora retirado pela equipe de limpeza municipal.

Há alguns anos, Bharata foi viver em Bali, ilha de maioria hindu.

Em Jacarta, o extremismo é cada vez maior, e aqui existe mais tolerância e respeito com os demais, explicou o artista, que é muçulmano.

Ele garante que seguidores radicais do islã estão por todo o país, inclusive na sua família.

Um primo por parte de pai, que cresceu comigo, saía comigo, agora está na ala do islã puro, lamentou Bharata, que acredita que a arte possa mudar o comportamento das pessoas, ainda que lentamente.

Apesar de a Indonésia ter sido apontada em várias ocasiões por líderes ocidentais como um exemplo de tolerância e diversidade religiosa, a maioria dos moradores de Jacarta concorda que a influência dos religiosos radicais aumentou. Dos 201.550 presos que estavam em presídios da Indonésia até outubro do ano passado, 220 tinham sido condenados por terrorismo, conforme dados oficiais.

Quando as pessoas perdem seus empregos e não tem com o que se manter, recorrem a esta ideologia. Precisam ter algo que possam defender, considerou, por sua vez, Robowobo.

O artista, conhecido pelo desenho do robô que está em quase todas as suas obras, escolheu a frase União na diversidade, o lema nacional, para conduzir sua contribuição para o Reclaim: Jakarta e para lembrar que existe mais de uma religião e mais de uma cultura no arquipélago.

Por trás desse coletivo está a iniciativa global Micro Galleries, que em outubro reunirá em Jacarta artistas nacionais e internacionais para usar a arte como um meio de mudança social e aproveitar os espaços públicos, segundo a diretora Kat Roma Greer.

É importante que as comunidades sintam que fazem parte e que são colaboradoras do evento e não só uma tela em branco. É um pouco diferente do Reclaim Jakarta, que por natureza é uma resposta de guerrilha, disse Kat. EFE

 

Últimas Notícias

Gustavo Mendanha dá início à construção do novo Paço Municipal
Em Nice, feridas seguem abertas em famílias despedaçadas por atentado
Iceberg gigante se desprende da Antártica
Washington limita compra de software da empresa russa Kaspersky
Nova York anuncia plano de US$ 32 milhões contra ratos
Cientistas desenvolvem método não invasivo para avaliar artérias coronárias
Pequenas mudanças nos hábitos alimentares podem prolongar vida
Novo exame de sangue pode ajudar na detecção precoce do câncer de pâncreas

MAIS NOTICIAS

 


MUNDO
George Pell se defende: abuso sexual é abominável

O Cardeal George Pell afirmou nesta quinta-feira que entraria de licença do Vaticano para retornar à Austrália e lutar contra as acusações de abuso sexual infantil.

 
 
TECNOLOGIA
iPhone chegava há 10 anos; conheça a birra que levou Steve Jobs a criá-lo

Alguns dos maiores aparelhos surgem de um momento de inspiração de um designer. Outros resultam de um avanço na tecnologia.

 
 
POLÍTICA
Indicada sob dúvidas, Dodge tem desafio de manter biografia intacta

A indicação da procuradora Raquel Dodge para a sucessão de Rodrigo Janot na chefia da Procuradoria-Geral da República naturalmente vem carregada de questionamentos.

 
 
POLÍTICA
STF envia denúncia contra Temer para a Câmara

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, enviou nesta quinta (29) a denúncia contra o presidente Michel Temer para a Câmara dos Deputados.

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212