Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Jul de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Novo exame de sangue pode ajudar na detecção precoce do câncer de pâncreas - Jornal Brasil em Folhas
Novo exame de sangue pode ajudar na detecção precoce do câncer de pâncreas


Um novo exame de sangue poderia detectar o câncer de pâncreas nas primeiras etapas de desenvolvimento, proporcionando esperança para tratar de forma mais eficaz este tumor agressivo que com frequência é diagnosticado tarde demais, segundo um estudo publicado na quarta-feira na revista Science Translational Medicine.

Ter um biomarcador para esta doença poderia mudar radicalmente as perspetivas para estes pacientes, apontou o coautor do estudo Robert Vonderheide, diretor do Abramson Cancer Center na Universidade da Pensilvânia.

A detecção precoce dos tumores tem um impacto importante na redução da mortalidade de muitos tipos de câncer, incluindo os de cólon, mama e colo do útero, apontou.

Infelizmente, as pessoas com câncer de pâncreas com frequência são diagnosticadas tarde demais para serem operadas e tratadas de maneira eficaz, acrescentou o pesquisador.

Atualmente, quatro de cada cinco pacientes morrem durante o primeiro ano posterior ao diagnóstico, e só 5% continuam vivos após cinco anos.

Utilizando tecnologia de células-tronco para criar uma linha de células de um paciente com câncer de pâncreas avançado, os pesquisadores foram capazes de retroceder na progressão da doença.

Ao fazer isso, encontraram dois biomarcadores associados com as diferentes etapas da progressão deste câncer.

Um biomarcador conhecido como trombospondina-2 em combinação com outro biomarcador do sangue, o CA 19-9, presente nas etapas finais do câncer de pâncreas, permitiram identificar de forma consistente e correta todas as etapas do câncer, disse o autor principal do estudo, Ken Zaret, diretor do Instituto Penn para a Medicina Regenerativa.

A combinação destes dois biomarcadores identificou as primeiras etapas de desenvolvimento do tumor de forma mais eficaz do que qualquer outro método conhecido, acrescentou.

A população alvo deste novo exame de sangue são as pessoas com antecedentes familiares de câncer de pâncreas, as que têm predisposição genética à doença ou aquelas que desenvolveram diabetes após os 50 anos.

 

Últimas Notícias

Gustavo Mendanha dá início à construção do novo Paço Municipal
Em Nice, feridas seguem abertas em famílias despedaçadas por atentado
Iceberg gigante se desprende da Antártica
Washington limita compra de software da empresa russa Kaspersky
Nova York anuncia plano de US$ 32 milhões contra ratos
Cientistas desenvolvem método não invasivo para avaliar artérias coronárias
Pequenas mudanças nos hábitos alimentares podem prolongar vida
Novo exame de sangue pode ajudar na detecção precoce do câncer de pâncreas

MAIS NOTICIAS

 


MUNDO
George Pell se defende: abuso sexual é abominável

O Cardeal George Pell afirmou nesta quinta-feira que entraria de licença do Vaticano para retornar à Austrália e lutar contra as acusações de abuso sexual infantil.

 
 
TECNOLOGIA
iPhone chegava há 10 anos; conheça a birra que levou Steve Jobs a criá-lo

Alguns dos maiores aparelhos surgem de um momento de inspiração de um designer. Outros resultam de um avanço na tecnologia.

 
 
POLÍTICA
Indicada sob dúvidas, Dodge tem desafio de manter biografia intacta

A indicação da procuradora Raquel Dodge para a sucessão de Rodrigo Janot na chefia da Procuradoria-Geral da República naturalmente vem carregada de questionamentos.

 
 
POLÍTICA
STF envia denúncia contra Temer para a Câmara

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, enviou nesta quinta (29) a denúncia contra o presidente Michel Temer para a Câmara dos Deputados.

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212