Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Ago de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Congresso chileno aprova lei que descriminaliza aborto terapêutico - Jornal Brasil em Folhas
Congresso chileno aprova lei que descriminaliza aborto terapêutico


O Congresso chileno aprovou nesta quarta-feira a lei que descriminaliza o aborto terapêutico, uma iniciativa da presidente Michelle Bachelet que deverá esperar o pronunciamento do Tribunal Constitucional para ser promulgada.

O Senado apoiou - com 22 votos a favor e 13 contra - o relatório de uma comissão mista que dirimiu divergências entre ambas as Casas do Congresso.

A medida permitirá às mulheres recorrerem ao aborto caso estejam com a vida em risco, se tiverem sido estupradas ou se o desenvolvimento do feto for inviável.

Estamos de acordo, daremos alternativas e assistência de saúde segura a todas as mulheres, independentemente da decisão que tomem, disse Claudia Pascual, ministra da Mulher e da Equidade de Gênero.

A Câmara dos Deputados havia aprovado a lei horas antes. A decisão acontece com a pressão de parlamentares governistas, ministros e movimentos favoráveis a esta iniciativa.

O aborto terapêutico é proibido no Chile em todas as suas formas há mais de 20 anos.

A promulgação da lei deverá esperar um decisão do Tribunal Constitucional (TC), formado por 10 membros, depois que legisladores conservadores apresentaram na quarta-feira um requerimento contra a medida, argumentando que ela viola o direito à vida consagrado na Constituição.

Me dói que legisladores recorram ao TC e que sejam 10 pessoas que decidam o que temos discutido aqui por mais de dois anos, disse a senadora socialista Isabel Allende.

Desde 1931 e por mais de 50 anos, o aborto foi permitido no Chile em casos de risco para a mãe ou inviabilidade do feto.

Mas o ditador Augusto Pinochet, pouco antes de terminar seu regime (1973-1990), criminalizou o procedimento apoiado pela Igreja e por grupos conservadores, que nos últimos anos perderam influência.

 

Últimas Notícias

O que Neymar pode nos ensinar sobre carreira
Mesmo sem vitórias na Alemanha, KRT assegura pódio em Lausitzring
Agehab participa de Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social em São Paulo
Marconi elogia parceria entre Caixa e Agehab
Deputado Marlúcio confirma que recebeu convite do PTB
Em encontro com Marconi, embaixador da Alemanha diz que Goiás tem potencialidades excelentes
Gustavo anuncia cumprimento do Plano de Carreira dos servidores da saúde
Sindacse elogia esforço de Gustavo em atender demandas dos agentes de saúde

MAIS NOTICIAS

 


CIDADES
Agetul diz que não ‘vê motivo’ para indenizar vítimas Mutirama

O presidente Agetul, Alexandre Magalhães, responsável pelo Parque Mutirama, disse que “não vê motivo” para indenizar as 13 pessoas que se feriram depois de um problema no brinquedo Twister.

 
 
ESPORTE
Neymar evita mal-estar com o Barcelona na apresentação no PSG

Suas primeiras palavras como jogador do Paris Saint Germain (PSG) giraram em torno de uma única ideia. “Quero desafios maiores”, repetiu Neymar em sua apresentação aos meios de comunicação em uma sala de imprensa lotada.

 
 
POLÍTICA
Partidos da base pressionam Temer por cargos de infiéis em votação

Partidos da base aliada de Michel Temer que votaram em massa a favor do presidente, derrubando a denúncia da Procuradoria-Geral da República.

 
 
MUNDO
George Pell se defende: abuso sexual é abominável

O Cardeal George Pell afirmou nesta quinta-feira que entraria de licença do Vaticano para retornar à Austrália e lutar contra as acusações de abuso sexual infantil.

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212