Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Dez de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Mãe de Taylor Swift diz em depoimento que suposta agressão estilhaçou confiança - Jornal Brasil em Folhas
Mãe de Taylor Swift diz em depoimento que suposta agressão estilhaçou confiança


DENVER (Reuters) - Independentemente de Taylor Swift ganhar ou perder a batalha judicial decorrente da alegação de que foi apalpada por um radialista de Denver, o incidente já reduziu a confiança da cantora no público e a tornou menos aberta a seus fãs, disse a mãe da artista em depoimento durante o julgamento da ação.

Andrea Swift, que faz parte da equipe de empresários da filha, depôs na quarta-feira no julgamento que está colocando a cantora vencedora do Grammy contra o homem que ela acusa de agressão sexual, o radialista David Mueller.

O júri do Tribunal Distrital dos EUA está avaliando a acusação de Taylor Swift de que Mueller apertou suas nádegas durante uma recepção a fãs antes de um show em 2013 e a alegação do radialista de que ele foi falsamente acusado e consequentemente demitido de seu trabalho.

Isso absolutamente estilhaçou nossa confiança, disse Andrea Swift, de 59 anos, sobre o suposto incidente, acrescentando que desde então eventos de encontros com fãs foram reduzidos e que detectores de metal foram colocados em todos os eventos em que sua filha interage com o público.

De acordo com a artista de 27 anos, Mueller colocou a mão por baixo de seu vestido enquanto os dois posavam para fotos, ao lado da namorada de Mueller.

A mãe da cantora foi chamada pelo advogado de Mueller, Gabriel McFarland, para testemunhar, no dia seguinte, mas seu depoimento foi tudo menos favorável para o ex-radialista da estação de rádio KYGO-FM.

A mãe de Taylor disse que ela queria vomitar quando sua filha disse: Mãe, um cara acabou de apertar minha bunda no encontro com fãs.

Perguntada se buscou testemunhas para verificar a acusação, Andrea disse que não havia nenhum motivo para duvidar da palavra de sua filha.

Ele agrediu sexualmente minha filha, bem ali, aquele cara, disse Andrea Swift, apontando para Mueller. Eu ouvi da boca da minha filha. Eu sei que aconteceu.

 

Últimas Notícias

Estádio Olímpico recebe Paradesportivos
Vinil Black Album de Prince reaparece com valores astronômicos
Vaticano lançará portal que reunirá todos os seus veículos
Três anúncios para um crime lidera indicações ao SAG
Vida parou na região birmanesa dos rohinyas, alerta Cruz Vermelha
Vice do Equador condenado a seis anos de prisão no caso Odebrecht
Trump não serve para limpar sanitários da biblioteca de Obama, diz jornal
Trump diante do tapa eleitoral do Alabama

MAIS NOTICIAS

 

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
 
 
Petrobras quer que Gleisi Hoffmann devolva R$ 1 milhão aos cofres da empresa
 
 
Marun quer finalizar CPMI da JBS antes da posse na Secretaria de Governo
 
 
Maia diz que não colocará Previdência em pauta sem ter votos para aprovação
 
 
Kassab afirma que extinção da faixa AM de rádio será um processo natural
 
 
Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212