Afegão corta nariz da esposa e se une aos talibãs para fugir da polícia

0 Shares
0
0
0
0

Um afegão cortou o nariz da esposa durante uma disputa em uma província remota do país e, para fugir da polícia, se uniu aos talibãs, anunciaram as autoridades locais.

Mohammad Khan, de 25 anos, não tinha antecedentes criminais nem vínculos conhecidos com os talibãs, mas regularmente agredia a mulher Reza Gul, de 20 anos, afirmou Ahmad Javed, porta-voz do governo da província de Faryab, nordeste do Afeganistão.

No domingo passado, durante uma discussão, “Khan tentou matar a mulher, mas a arma falhou e ele usou uma faca para cortar o nariz da esposa”, disse o porta-voz.

A violenta agressão aconteceu na localidade de Shar Shar, situada em uma zona controlada pelos talibãs, aos quais o afegão recorreu para escapar da polícia.

“Visitei Reza Gul no hospital. Seu nariz está totalmente seccionado, não é possível curá-la no Afeganistão”, disse Javed.

O trágico acontecimento ilustra o sofrimento das mulheres no Afeganistão, uma sociedade extremamente patriarcal. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 1015

0 Shares
You May Also Like