Astronauta da ISS consegue cultivar flores no espaço

0 Shares
0
0
0
0

Flores do gênero zínia cultivadas na Estação Espacial Internacional (ISS) floresceram, as primeiras com sucesso no espaço – informou no Twitter o astronauta americano Scott Kelly.

A primeira flor cultivada no espaço faz sua estreia, escreveu no tuíte @StationCDRKelly, que usou as hashtag #SpaceFlower #zinnia #YearInSpace.

Kelly também publicou várias fotos da zínia laranja, rodeada de folhas verdes.

As zínias são fáceis de crescer na Terra e florescem abundantemente durante o verão. Mas estas plantas trazidas para a ISS para fazer experimentos, aparentemente tiveram dificuldades de adaptação à microgravidade.

Vários dessas zínias estavam mal em dezembro, após o aparecimento de mofo nas folhas devido à alta umidade, de acordo com a Nasa. Mas aparentemente se recuperaram graças aos cuidados de Scott Kelly.

O cultivo dessas flores faz parte de um projeto da Nasa chamado Veggie, que busca produzir alimentos para missões tripuladas de longa duração para Marte. Esta autonomia é um importante complemento para a sobrevivência dos astronautas, disse a agência espacial.

Os membros da equipe da estação já conseguiram o cultivo bem sucedido de alfaces, cujas primeiras folhas consumiram em 2015 e esperam produzir tomates no próximo ano.

O sistema de cultivo de saladas e outros vegetais na ISS começou em meados de 2014.

As plantas são cultivadas com a técnica hidropônica, sem terra e onde se utiliza uma solução de água e nutrientes. Com este sistema, as plantas necessitam de menos água e nutrientes, enquanto crescem três vezes mais rápido do que na terra, de acordo com a Nasa. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 1117

0 Shares
You May Also Like