Austrália defende legalização da maconha com fins terapêuticos

0 Shares
0
0
0
0

A Austrália apresentou nesta quarta-feira ao Parlamento um projeto de lei para legalizar o cultivo de maconha com fins terapêuticos, que o governo chamou de peça que falta no histórico do paciente.

A ministra da Saúde, Sussan Ley, disse que a lei, se for aprovada, permitirá o cultivo de maconha com uma licença nacional e um sistema de permissões, abrindo o caminho pela primeira vez ao fornecimento seguro, legal e sustentável da cannabis produzida localmente.

Este é um dia importante para a Austrália e para todos aqueles que têm lutado para enfrentar o estigma ao redor dos produtos de cannabis medicinal, afirmou Ley.

As pesquisas, entre elas os resultados publicados no ano passado no Journal of the American Medical Association, mostram que a maconha tem efeitos positivos no tratamento da dor crônica.

Mas existem dúvidas sobre os efeitos colaterais e a questão de sua eficácia continua sendo um tema polêmico a nível mundial.

O Partido Trabalhista e os Verdes, na oposição, anunciaram que apoiariam a lei, que prevê a disponibilidade da maconha apenas para os pacientes por meio de uma receita médica.

A ministra da Saúde rebateu a ideia de que a aprovação da lei significaria que a possibilidade de um uso recreativo legal da maconha estaria mais próxima.
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 3098

0 Shares
You May Also Like