Espanha registra segundo caso de grávida com zika

0 Shares
0
0
0
0

Uma mulher grávida foi diagnosticada com zika na Catalunha (nordeste), segundo caso de gestante com a doença na Espanha, ambos importados – informou nesta segunda-feira o ministério da Saúde.

Na Catalunha, há oito pacientes, dos quais dois são mulheres grávidas, afirmou o ministério, que elevou para 23 o número de infectados em todo o território nacional, mas não deu maiores detalhes sobre este segundo caso de grávida infectada.

No início de fevereiro, as autoridades espanholas anunciaram que uma mulher grávida que esteve na Colômbia estava com zika, tornando-se o primeiro caso europeu de grávida com a infecção.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou estado de emergência sanitária por causa da possível ligação entre a propagação da zika em mulheres grávidas e um aumento nos casos de bebês com microcefalia.

O vírus da zika também é suspeito de causar a síndrome neurológica de Guillain-Barré (SGB), que pode em alguns casos provocar uma paralisia definitiva, inclusive a morte.

Todas as pessoas infectadas na Espanha contraíram a doença após terem visitado países afetados, tratando-se de casos importados, disse o ministério em sua página na internet, onde faz um acompanhamento dos casos registrados.

Transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que também é vetor da dengue e da Chikungunya, o novo vírus se espalhou sobretudo na América Latina.
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 3641

0 Shares
You May Also Like