Governo líbio reconhecido internacionalmente condena ataque dos EUA a jihadistas

0 Shares
0
0
0
0

O governo líbio reconhecido internacionalmente condenou, neste sábado, a incursão aérea americana contra um acampamento do grupo Estado Islâmico (EI) que deixou cerca de 50 mortos na sexta-feira.

Em um comunicado, o governo condena e reprova os ataques realizados pela aviação dos Estados Unidos.

Ao serem realizados sem coordenação com as autoridades locais, estes ataques constituem uma violação da soberania do Estado líbio, declara.

O ataque aéreo dos Estados Unidos contra um campo de treinamento jihadista na Líbia deixou quase 50 mortos na sexta-feira, incluindo dois sérvios sequestrados em novembro passado, assim como provavelmente um líder do grupo EI, segundo fontes líbias e americanas.

O EI arraigou-se na Líbia aproveitando-se do caos no qual o país está submerso desde que uma revolta expulsou do poder em 2011 Muamar Kadhafi, com o apoio militar de países como França, Estados Unidos e Grã-Bretanha.

Desde a queda de Kadhafi, a Líbia está dividida em milícias rivais. Dois governos com um parlamento cada um que disputam o poder no país: um reconhecido internacionalmente com sede em Tobruk (leste) e o outro, integrado por diversas milícias, algumas islamitas, na capital, Trípoli. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 3740

0 Shares
You May Also Like