México registra seis grávidas infectadas com zika

0 Shares
0
0
0
0

Oitenta pessoas foram contaminadas com o vírus da zika no México, entre elas seis mulheres grávidas – informou nesta terça-feira o governo mexicano.

O vírus da zika mantém em alerta vários países da América Latina em virtude da suspeita de que esteja por trás dos casos de microcefalia em recém-nascidos devido ao contágio de suas mães durante a gravidez.

Dos 80 casos registrados no México, 45 estão no estado de Chiapas, dos quais quatro são mulheres grávidas, disse a secretaria de Saúde em seu relatório semanal sobre o vírus.

As outras duas mulheres doentes com zika vivem nos estados de Oaxaca (sul) e Veracruz (leste).

A média anual no México de recém-nascidos com microcefalia é de 600 casos, um número que não variou desde que o vírus da zika surgiu na América Latina, segundo as autoridades.

Na semana passada, o diretor-geral do Organismo Internacional de Energia Atômica (OIEA), Yukiya Amano, disse à imprensa que se uniria ao governo do México para testar um método baseado na radiação nuclear para esterilizar o mosquito macho do Aedes aegypti, que também é o vetor da dengue, da chikungunya e da febre amarela.

Da região, o Brasil é o país mais afetado pelo vírus. Ao menos 1,5 milhões de pessoas contraíram zika.
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 3659

0 Shares
You May Also Like