21 ações renovam máxima em pelo menos 6 meses em dia de euforia na Bolsa

0 Shares
0
0
0
0

SÃO PAULO – O que caminhava para ser a terceira queda seguida do Ibovespa reverteu-se para uma forte alta de 1,86% e o maior fechamento do índice desde 6 de agosto de 2015. A virada do mercado coincidiu com a notícia de que o Ministério Público de São Paulo pediu a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Com a virada, muitas ações que operavam entre quedas e leves altas passaram a marcar impressionantes valorizações, atingindo dessa forma patamares de preços não vistos há muito tempo. No total, foram 21 das 61 ações que fazem parte do Ibovespa fechando em seu maior patamar em pelo menos 6 meses.

O destaque ficou com os papéis da Lojas Americanas, Raia Drogasil, Equatorial, Energias do Brasil e Cetip, todos fechando em suas máximas históricas. Enquanto isso, a BM&FBovespa registrou seu maior fechamento em mais de 7 anos, seguida pela Hypermarcas e pela MRV, que renovaram máxima de 2010 e 2012, respectivamente.

Mas nem todas as ações aproveitaram a euforia desta sessão. Caso das empresas com perfil exportador, como a Embraer (EMBR3, R$ 21,96, -6,23%), além das companhias de papel e celulose: Fibria (FIBR3, R$ 30,85, -3,38%), que renovou sua mínima desde fevereiro; e a Suzano (SUZB5, R$ 12,24, -1,61%). Destaque ainda para a Vale (VALE3, R$ 14,00, -3,54%; VALE5, R$ 10,13, -6,89%), que segue em derrocada na Bolsa.

Confira abaixo as ações que renovaram máximas nesta quinta-feira (10):

Lojas Americanas (LAME4, R$ 23,00) – máxima histórica

Raia Drogasil (RADL3, R$ 48,35) – máxima histórica

Equatorial (EQTL3, R$ 40,50) – máxima histórica

Energias Brasil (ENBR3, R$ 13,37) – máxima histórica

Cetip (CTIP3, R$ 40,40) – máxima histórica

BM&FBovespa (BVMF3, R$ 15,46) – maior fechamento desde 04/08/2008

Hypermarcas (HYPE3, R4 26,80) – maior fechamento desde 01/12/2010

MRV (MRVE3, R$ 11,16) – maior fechamento desde 17/04/2012

Cosan (CSAN3, R4 28,74) – maior fechamento desde 05/12/2014

Bradesco (BBDC3, R$ 28,79) – maior fechamento desde 04/05/2015

Itaú Unibanco (ITUB4, R4 32,00) – maior fechamento desde 17/05/2015

Itaúsa (ITSA4, R$ 8,40) – maior fechamento desde 17/05/2015

BR Malls (BRML3, R$ 15,77) – maior fechamento desde 25/05/2015

Cyrela (CYRE3, R$ 10,40) – maior fechamento desde 8/6/2015

BB Seguridade (BBSE3, R$ 31,93) – maior fechamento desde 03/07/2015

Kroton (KROT3, R$ 11,55) – maior fechamento desde 16/07/2015

Banco do Brasil (BBAS3, R$ 21,50) – maior fechamento desde 17/07/2015

Lojas Renner (LREN3, R$ 21,27) – maior fechamento desde 31/07/2015

CPFL Energia (CPFE3, R$ 18,84) – maior fechamento desde 04/08/2015

Usiminas (USIM5, R$ 2,11) – maior fechamento desde 30/11/2015

Gerdau (GGBR4, R$ 5,37) – maior fechamento desde 04/12/2015
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 5846

0 Shares
You May Also Like