Como ganhar até 60% mais que a poupança com o mesmo risco

0 Shares
0
0
0
0

SÃO PAULO – A poupança é, de longe, a aplicação mais procurada pelos investidores brasileiros. Seja pela comodidade ou pela tradição, esse investimento acaba sendo o preferido da população, contudo, a caderneta passa longe de ser a mais rentável – e isso considerando apenas aplicações com exatamente o mesmo grau de segurança que ela.

Pedro Saccaro, assessor de investimentos da Messem Investimentos, comenta que existem várias aplicações com o mesmo nível de segurança da poupança, são papéis que contam com a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) de R$ 250 mil por instituição financeira. Entre elas, estão os títulos de renda fixa CDB (Certificado de Depósito Bancário), LCI (Letra de Crédito Imobiliário), LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) e LC (Letra de Crédito).

Além disso, Ronaldo Bella, sócio da Allux Investimentos, explica que com a Selic atual a 14,25%, produtos isentos de IR precisam de apenas 45% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário) para superar a poupança. O CDI é um indicador utilizado para referenciar a rentabilidade da maioria dos títulos de renda fixa e, geralmente, é atrelado à taxa básica de juros.

Assim, buscando boas aplicações, é possível encontrar uma rentabilidade muito mais interessante que a oferecida pela poupança. André Albo, sócio da Alta Vista Investimentos, explica que um CDB de liquidez diária rende cerca de 100% do CDI bruto, uma vez que ele não é isento da cobrança de imposto de renda, como é a poupança e as LCI e LCA.

“Mesmo se o investidor efetuar o resgate dos recursos com menos de 6 meses, pagando 22.5% de IR sobre o lucro, seu rendimento será de 77,5% do CDI, ou 11,04% nominal. Isso dá um rendimento quase 70% a mais do que o oferecido pela caderneta de poupança”, comenta André Albo.

Para quem não tem uma necessidade imediata de liquidez, Albo aponta que investimentos com um prazo maior, de um, dois ou até três anos contam com uma rentabilidade maior, chegando, inclusive a um retorno líquido de 100% do CDI. Para investir nesses títulos, basta ter conta em uma corretora que os distribua. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 5897

0 Shares
You May Also Like