Emater e indústria buscam ampliar produção de hortaliças

0 Shares
0
0
0
0

O encontro Estratégias Sustentáveis: Alternativas para o Futuro, entre representantes da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater)do Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Global G.A.P e Arcos Dorados, operadora da rede Mac Donalds, além de produtores rurais da região de Inhumas, foi promovido pela empresa alimentícia Sun Foods, com sede na cidade.

O objetivo principal foi discutir alternativas para atender à demanda crescente por matéria-prima, de forma sustentável. Desde que foi inaugurada em 2000, a Sun Foods tem visto a sua demanda por hortaliças aumentar. A matéria-prima é requisitada para produção de aromas, condimentos, corantes naturais e conservas vegetais. Diante dessa necessidade de ampliação da produção, o presidente da Sun Food, Kenji Narumiya, tomou a iniciativa para discutir formas sustentáveis de negócios.

Conforme defendeu o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural da Emater, Antelmo Teixeira, o crescimento da indústria representa oportunidades para produtores e para a região. “A partir dessa proposta da Sun Foods, produtores da região podem se organizar para oferecer com maior precisão o que a indústria precisa”, avaliou o diretor.

De olho no mercado externo
Ao defender melhor planejamento na produção das hortaliças, o presidente da Sun Foods comentou que tal medida contribui não só para abastecer o mercado interno mas também o externo. “É preciso investir conhecimento no produtor para que, além de exportar commodities, ele tenha condição de enviar produtos processados, industrializados para a o mercado exterior”, avaliou Kenji.

Ele declarou ainda que a parceria com a Emater é determinante para tornar a produção agropecuária da região sustentável e planejada. “A Emater é fundamental nesse processo porque está em contato direto com o produtor. Nós, da indústria, precisamos saber como o produtor tem condições de atender na demanda do consumidor. Queremos fazer esse link entre produtor e consumidor, e a Emater é o principal elo para isso acontecer”, considerou.

Também presente no evento, a diretora de Pesquisa Agropecuária da Emater, Maria José Del Peloso, destacou que a parceria com a Sun Foods pode se concretizar ainda no desenvolvimento de pesquisa. “A indústria tem grande demanda por pimenta-jalapenho e pimenta de cheiro, também conhecida por pimenta doce. Juntamente com a Embrapa Hortaliças, podemos desenvolver novos materiais genéticos para atender a necessidade do mercado”, explicou. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 6576

0 Shares
You May Also Like