Goiás deve intensificar relações com o Líbado

0 Shares
0
0
0
0

As relações comerciais entre as comunidades libanesa e goiana deverão se tornar ainda mais sólidas neste ano. O embaixador do Líbano no Brasil, Joseph Sayah, foi recebido na tarde desta quarta-feira, dia 30 de março, pelo governador Marconi Perillo e pela primeira-dama Valéria Perillo em evento no Palácio das Esmeraldas, onde externou o desejo de aprimorar a parceria comercial entre o Líbano e Goiás.

“Goiás tem uma economia rica, crescente e promissora, e aqui vemos possibilidades de investimentos. Isto se deu pelo esforço do governador Marconi Perillo. Neste ano, teremos uma missão empresarial libanesa à procura de oportunidades de negócios no Brasil. Essa missão está sendo coordenada entre o Itamaraty e a nossa Embaixada. Tenha certeza de que Goiás está nessa agenda. Esperamos que seja o início de uma forte parceria comercial e de uma amizade duradoura”, afirmou o embaixador Joseph Sayah.

Ele elogiou o trabalho desenvolvido por Marconi para impulsionar a economia de Goiás durante suas gestões. “O senhor é um político extraordinário. Quero agradecê-lo pela amizade com a comunidade libanesa e por sancionar o Dia do Imigrante Libanês. Sua popularidade com os libaneses aqui faz com que os políticos libaneses sintam inveja por não conseguirem o mesmo lá”, declarou, dirigindo-se ao governador. O representante da comunidade libanesa no Brasil, Hanna Mtanios Hanna Júnior, afirmou que a data de hoje é histórica por representar uma maior aproximação e união entre Líbano e Goiás, que se consolidará em saudável e duradoura parceria.

Comunidade árabe
O governador ressaltou que construiu afeto e respeito pela comunidade árabe desde a infância, e quando se tornou governador os laços se ampliaram. “Este Estado pode ser considerado também uma extensão do seu país. Comecei a ter afeição pela comunidade árabe quando ainda era criança. Na minha cidade, em Palmeiras, nós tínhamos árabes palestinos, árabes libaneses, árabes sírios que eram muito unidos, mas nós os conhecíamos simplesmente como turcos. E, desde aquela época, desenvolvi por eles uma relação de carinho e reciprocidade, mas foi depois que me tornei governador é que esses laços se ampliaram”, contou.

Em seguida, destacou que sempre obteve respaldo da comunidade libanesa em seus pleitos políticos, e que os libaneses são também responsáveis pelo patamar de desenvolvimento que Goiás se encontra hoje. “Goiânia é uma cidade que tem uma comunidade árabe enorme, extremamente afetiva. Em todas as minhas eleições, recebi da comunidade libanesa um carinho extraordinário. A comunidade libanesa abraçou praticamente todas as minhas candidaturas, me apoiou abertamente e também em momentos difíceis recebi muita solidariedade dos árabes. Nós os recebemos hoje como irmãos, irmãos que vocês se tornaram do nosso Estado. Em Goiás, temos centenas de médicos libaneses, engenheiros, advogados, profissionais liberais. Homens e mulheres que ajudaram e ajudam a construir um Goiás moderno, rico, diversificado, que transaciona hoje com mais de 160 países”, afirmou. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 7236

0 Shares
You May Also Like