STF promove Dia D de combate ao Aedes aegypti

0 Shares
0
0
0
0

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Ricardo Lewandowski, abriu hoje (30) a programação do Dia D de combate ao mosquito Aedes aegypti no STF.

“Hoje é um dia muito importante para todos nós, servidores e colaboradores do STF e do CNJ e do Poder judiciário, porque o Poder judiciário se associa hoje ao esforço nacional para o combate ao mosquito transmissor de várias doenças graves que podem inclusive levar à morte. Mosquito transmissor da dengue, da chikungunya e da Zika, que causa a microcefalia”, disse o ministro durante a abertura do evento.

O presidente do STF destacou a capilaridade do judiciário e a importância da participação de todos no combate ao mosquito. O evento faz parte da campanha O Judiciário no Combate ao Mosquito, que foi lançada no início deste mês.

O secretário de Serviços Integrados de Saúde do STF, doutor Marco Polo, lembrou que o STF tem um histórico de parceria com o Ministério da Saúde e o CNJ. “Tem um plano de ação do CNJ que visa realmente divulgar a campanha para adesão do Judiciário no Brasil como um todo para o combate ao Aedes aegypti”.

A campanha prevê uma visita às várias instalações do Supremo, com um representante da vigilância ambiental do governo do Distrito Federal, para detectar focos e capacitar os trabalhadores que atuam na área de serviços gerais para a identificação e eliminação desses focos. Marco Polo destacou que será uma oportunidade também para que os funcionários do STF apreendam informações importantes sobre como combater o Aedes aegypti em casa.

Para a campanha O Judiciário no Combate ao Mosquito, o CNJ produziu uma peça informativa que poderá ser usada pelos órgãos do Judiciário, tanto nas sessões judiciárias como nas páginas oficiais na internet. O material do Ministério da Saúde também faz parte da campanha. – Lana Cristina – I3D 7203

0 Shares
You May Also Like