“É preciso saber o que vamos fazer depois da crise”, diz Marconi

0 Shares
0
0
0
0

Ao citar Mahatma Gandhi e a célebre frase que diz que “não existe caminho para a paz, pois a paz é o caminho”, o governador Marconi Perillo afirmou, na manhã desta quinta-feira, que é preciso pensar no pós-crise política e econômica para se encontrar soluções capazes de fazer o país voltar a crescer e se desenvolver economicamente.
“Não dá pra só falar em crise. É preciso saber o que nós vamos fazer depois da crise”, disse Marconi em discurso no Castro’s Park Hotel, na abertura do Seminário Agronegócios e Energias Renováveis, evento realizado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima), em parceria com o Banco Santander e o jornal Valor Econômico.
Lembrando que grandes guerras mundiais foram motivadas por recursos naturais, alimentos, religião, mas, fundamentalmente, pela falta de diálogo entre povos e nações, Marconi criticou o momento político por que passa o Brasil e disse acreditar que a situação não seria tão crítica se houvesse maior diálogo entre as autoridades políticas e a iniciativa privada.
“Quem sabe se no Brasil nós tivéssemos dialogando temas tão sérios como estes – alimentos, produção, sustentabilidade ambiental – nós não estaríamos envoltos a uma crise política, econômica, moral, de valores e princípios. O que estamos fazendo aqui hoje é buscar diálogo como forma de encontrar saídas e soluções práticas para os grandes desafios que temos nesse momento no país. O diálogo nesse momento torna-se indispensável para buscarmos contornos e soluções para as crises que vivemos hoje”, afirmou. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 7242

0 Shares
You May Also Like