Habitat inflável no espaço: você teria coragem de embarcar?

0 Shares
0
0
0
0

Através de uma nova parceria anunciada esta semana, United Launch Alliance ( ULA ) vai trabalhar com Bigelow Aerospace para lançar um grande habitat inflável em um foguete Atlas V em 2020. O tamanho do habitat será baseado no módulo B330 de Bigelow, que é nomeado para o seu volume total expandido em 330 metros cúbicos.

O anúncio veio logo após a Bigelow Aerospace enviar o BEAM para a Estação Espacial Internacional (ISS) no lançamento SpaceX. Em 16 metros cúbicos, o feixe é apenas uma fração do tamanho de um módulo de B330, mas vai ser usado para validar e testar a tecnologia expansível no espaço.

“Este avanço inovador aumentará dramaticamente as oportunidades de pesquisa espacial em áreas como materiais, medicina e biologia. E permite destinos no espaço para os países, empresas e mesmo indivíduos muito além do que está disponível hoje”, disse Tory Bruno, presidente e CEO da ULA.

Robert Bigelow, fundador e presidente da Bigelow Aerospace, disse que eles estão discutindo com a NASA a possibilidade de anexar a ISS. Se isso acontecer, um módulo de tamanho B330-aumentaria o volume interno total do ISS em 30%.

A fim de enviar humanos para o espaço, a NASA vai precisar de habitats adequados para a tripulação. Módulos expansíveis são especialmente atraentes para estas missões porque são relativamente leves e compactos em comparação com alternativas rígidas, tornando-os potencialmente mais baratos para o lançamento. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 8216

0 Shares
You May Also Like