Novo processo barateia nanotubos de carbono condutores de campo elétrico

0 Shares
0
0
0
0

Nanotubos de carbono de auto-montagem são criados com um processo chamado Teslaphoresis. Por serem mais baratos de fabricar, esse novo método poderia ser um avanço na criação dos nanofios ultra-fino, ultra-forte e ultra- condutoras. “O que descobrimos é que os nanotubos podem realmente formar fios sozinhos abrigando campo elétrico“, disse o químico Paul Cherukuri.

A corrente alternada da bobina aparentemente polariza as peças de nanotubos, que imediatamente se alinham com os seus vizinhos e formam longas cadeias. A cadeia mais longa até agora tem sido de 15 cm de comprimento. “Estes fios de nanotubos agem como nervos”, disse o autor do estudo Lindsey Bornhoeft.

Avanços como esse fazem implantes eletrônicos permanentes e circuitos flexíveis possíveis. Os pesquisadores publicaram seu trabalho na revista ACS Nano. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 8213

0 Shares
You May Also Like