Países sul-americanos discutem a febre aftosa

0 Shares
0
0
0
0

Termina nesta sexta-feira, dia 8, em Punta del Este, no Uruguai, a 43ª reunião da Comissão Sul-Americana para a Luta Contra a Febre Aftosa (Cosalfa). Uma comitiva da Agência Goiana de Defesa Agropecuária está participando do evento, que tem como objetivo avaliar o progresso alcançado pelos programas nacionais de controle da febre aftosa e de erradicação da América do Sul, e recomendar ações para estes programas, garantindo assim a integração regional de ações de intervenção.

A Cosalfa é formada por 26 representantes de 13 países do continente americano, sendo um representante do setor público, um diretor do Serviço Veterinário Oficial, e um do setor privado, o que representa a maior associação nacional de produtores de gado. Os 13 países são: Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Venezuela, Uruguai e Guiana Francesa.

Representantes de outras áreas afetadas pelo tema também participam das reuniões da Cosalfa, incluindo os serviços veterinários oficiais, organizações de produtores de gado, a indústria de produtos de origem animal, a indústria farmacêutica veterinária, laboratórios de diagnóstico, universidades, instituições de pesquisa e nacional e internacional, agências de cooperação técnica, entre outros.

Da Agrodefesa participam do evento, o presidente Arthur Toledo; o fiscal Amundson Cardoso, de São Domingos; o supervisor da regional Rio Vermelho, Wladimir Lenin; a coordenadora do Programa de Enfermidades Vesiculares, Mércia Oliveira e o gerente do Labvet, Rafael Vieira. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 7819

0 Shares
You May Also Like