Jornal britânico recebe advertência por afirmar que rainha apoia o Brexit

0 Shares
0
0
0
0

O jornal britânico The Sun recebeu nesta quarta-feira uma advertência do órgão que regulamenta a imprensa britânica por uma primeira página em que afirmou que a rainha Elizabeth II apoiava a saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

A Independent Press Standards Organisation (IPSO) considerou que o jornal mais lido do país desrespeitou a cláusula do código de boa conduta que estipula que a imprensa deve assegurar que não publica informações ou fotos falsas, enganosas ou distorcidas, incluindo manchetes que não estão apoiadas pelo texto.

No dia 8 de março, o Sun escreveu na primeira página, com letras garrafais: A rainha apoia o Brexit.

Para justificar a manchete, o tabloide se apoiou em duas fontes que citavam uma conversa da rainha com um grupo de políticos em que, de acordo com estas, a monarca teria afirmado: Não entendo a Europa.

Em um gesto pouco frequente, o Palácio de Buckingham denunciou o caso ao órgão regulador, alegando a neutralidade da rainha na área política.

O IPSO deu razão a Elizabeth II porque entendeu que a manchete era exagerada e não refletia o teor da matéria publicada.

O Sun publicou nesta quarta-feira as conclusões do IPSO, mas se recusou a pedir desculpas.

Não mudaremos uma vírgula, disse o diretor de redação do jornal, Tony Gallagher, à rádio BBC 4.
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 10229

0 Shares
You May Also Like