Reviravolta no PR: Magda Mofatto é pré-candidata em Caldas Novas

Redação Redação

A deputada federal Magda Mofatto deve ser o nome do Partido da República para a disputa eleitoral em Caldas Novas. Até então, o vereador Rodrigo Lima, também do PR, vinha sendo o único nome cogitado pela legenda, para o embate deste ano. Consultada na tarde de ontem (15), a ex-prefeita confirmou sua disposição em assumir uma pré-candidatura à prefeitura de Caldas Novas.

Segundo a deputada, a decisão, que surpreendeu a todos, foi tomada pelo próprio partido e em atendimento às várias reivindicações da militância. Nos bastidores a informação é que um movimento “volta Magda” à prefeitura de Caldas Novas, estaria sendo organizado, a exemplo do “volta Iris” do PMDB em Goiânia.

O destino do vereador Rodrigo Lima ainda não foi divulgado. Cogita – se ainda que o vice para a coligação majoritária junto ao PR poderia vir do PMDB ou do DEM. Neste caso, questiona – se ainda, como ficará a situação do blogueiro e militar, Alison Maia, que conquistou nas últimas semanas o apoio de ambos os partidos.

RETROSPECTIVA

Contrariando a notícia confirmada hoje, a parlamentar declarou publicamente em março, em um encontro realizado na sede do Caldas Thermas Clube e ao lado de 21 legendas partidárias, que apoiaria a pré-candidatura do prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (PP) à reeleição. “Não é hora de irresponsabilidades, de testar, de experimentos. Mesmo com a crise, Caldas Novas seguiu avançando, é a cidade que mais gerou empregos em Goiás”, disse na ocasião a deputada, que finalizou: “meu candidato tem nome e sobrenome: chama-se Evandro Magal”.

O rompimento com o grupo do prefeito Evandro Magal vinha sendo anunciado nos bastidores desde o início do ano, e aguçou ainda mais, após a instalação de uma Comissão de Inquérito para investigar suposto esquema de irregularidades como, “farras nas diárias” e “nomeações irregulares” no âmbito do DEMAE sob o comando de Flávio Canedo.

Em junho, o presidente do Diretório Municipal do PR em Caldas Novas, Eduardo Araújo anunciou pelas redes sociais que a legenda deixava a base do prefeito, desvinculando, segundo ele, “totalmente da atual gestão”, seguindo deste modo, “seu próprio caminho independente”. Para tanto, Araújo declarou ainda, que o presidente estadual do partido, Flávio Canedo, esposo da deputada federal, Magda Mofatto, deixaria a presidência do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DEMAE), cargo que ocupava no município, e assim foi feito. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 13632

A BRASIL EM FOLHAS utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies