EUA apontam Rússia como responsável por ataque a comboio de ajuda na Síria

0 Shares
0
0
0
0

Os Estados Unidos apontam a Rússia como responsável pelo ataque aéreo contra um comboio de ajuda na Síria que foi uma enorme tragédia humanitária, disse o vice-conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Ben Rhodes, nesta terça-feira.

Consideramos o governo russo responsável por ataques aéreos neste espaço, uma vez que seu compromisso nos termos da cessação das hostilidades era certamente parar as operações aéreas onde a assistência humanitária está fluindo, afirmou Rhodes a repórteres.

Ele disse que os Estados Unidos preferem continuar com o cessar-fogo na Síria, mas estão preocupados com a falta de demonstração de boa fé da Rússia.

A Organização das Nações Unidas (ONU) voltou atrás nesta terça-feira na descrição da agressão ao comboio de ajuda humanitária como ataques aéreos, dizendo não ter provas conclusivas sobre o que aconteceu.

A Rússia, que nega que suas aeronaves ou as de seus aliados do governo sírio tenham se envolvido, disse nesta terça-feira que acredita que o comboio não foi atingido do ar, mas que pegou fogo por causa de algum incidente em terra.

O Crescente Vermelho da Síria disse que o chefe de um de seus escritórios locais e cerca de 20 civis foram mortos, embora outros saldos de mortos difiram dessa cifra.

Após a explicação dos russos, a ONU divulgou uma versão revisada de um comunicado anterior, retirando o palavreado sobre ataques aéreos e o substituindo por referências a ataques não especificados.

A ação de segunda-feira levou a ONU a suspender todas as remessas aéreas de ajuda para a Síria e deixou os esforços mais recentes de pacificação à beira do colapso. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 18232

0 Shares
You May Also Like