Professor Alcides quer espaços para arte urbana

0 Shares
0
0
0
0

A arte urbana é um tipo de expressão artística que surgiu nos Estados Unidos e começou a ser espalhada pelo mundo a partir dos anos 70. Essas manifestações artísticas são desenvolvidas em espaços públicos, como as ruas, praças e parques. Lugares em que qualquer cidadão pode se deparar com a diversidade cultural que abrigam os centros urbanos, sem necessariamente ter que se dirigir a um centro cultural ou pagar para ter acesso a manifestações culturais.
Esse fenômeno, em ascensão nos grandes centros urbanos, permite a democratização da arte. E é por essa facilidade de acesso à cultura que os candidatos da coligação Avança Aparecida, Professor Alcides Ribeiro (PSDB) e Coronel Silvio Benedito, querem criar mais espaços para a arte urbana na cidade. “O principal objetivo é levar arte de Aparecida para além das paredes dos teatros, dos cinemas e dos museus, por exemplo. É permitir o encontro com a cultura nos espaços públicos, nas ruas, nos lugares onde cidadãos comuns trafegam todos os dias”, ressalta o tucano.
No Brasil, a arte urbana ganhou adeptos principalmente no grafite, mas existem outras técnicas utilizadas pelos artistas de rua, como as estátuas vivas e apresentações circenses, por exemplo. A manifestação da arte urbana durante muito tempo foi marginalizada, mas, aos poucos, vem ganhando espaço e reconhecimento. No entanto, ainda é preciso esclarecer melhor a distinção entre arte de rua e vandalismo. Na capital goiana, por exemplo, muitas vias e muros já se tornaram cenários para diversas manifestações desses artistas populares.
E para transformar Aparecida de Goiânia em referência no assunto, Professor Alcides já sabe onde se inspirar. “São Paulo é uma das principais cidades onde a diversidade cultural pode ser encontrada em qualquer esquina. Nas ruas da capital paulista é possível encontrar verdadeiras obras de arte. Queremos que o cidadão aparecidense também tenha acesso à essa cultura, embora reconheçamos que nossa realidade ainda está distante dessa referência. Mas temos exemplos mais próximos, como a própria Goiânia, onde já podemos perceber esse tipo de movimento”, planeja.
De acordo com o candidato à Prefeitura, além de levar arte a quem antes não tinha acesso, criar espaços para a manifestação da arte urbana é também fomentar e reconhecer o trabalho desses artistas. “Muitas pessoas têm talento para a arte, mas não tem espaço. A arte urbana proporciona isso. Em uma cidade com cerca de 600 mil habitantes como Aparecida de Goiânia, podemos descobrir muitos artistas. Eu mesmo me deparo todos os dias com pessoas muito talentosas, mas que não possuem a oportunidade de mostrar seu potencial”, avalia o candidato. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 18377

0 Shares
You May Also Like