Síria: maior hospital do leste de Aleppo é destruído por bombardeios

0 Shares
0
0
0
0

Vários bombardeios destruíram nesta segunda-feira o maior hospital da parte rebelde da cidade de Aleppo, norte da Síria, que sofre uma intensa ofensiva por parte do governo sírio e de seu aliado russo, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

O hospital M10, o maior do leste de Aleppo, foi destruído e está fora de funcionamento de forma permanente, tuitou, por sua vez, Adham Sahlul, da SAMS (Syrian American Medical Society), uma ONG médica que dá apoio ao hospital.

O hospital não está operacional. Segundo funcionários e médicos, não pode ser reparado, afirma um comunicado de imprensa.

Tememos que o prédio desabe sobre o andar subterrâneo. Tememos pelo pessoal, acrescenta.

Segundo a SAMS, o bombardeio deixou três mortos entre os funcionários do centro médico.

O OSDH informou, por sua vez, da morte de dois empregados e que o terceiro se encontra sob escombros.

O M10 foi alvo de vários ataques aéreos, principalmente no sábado.

O OSDH não identificou se foram ataques de aviões do regime ou de seu aliado russo.
– BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 18654

0 Shares
You May Also Like