Comissão que analisa medidas anticorrupção retoma sessão para apreciar relatório

Redação Redação

A comissão especial que analisa o projeto de Lei 4.850/16, que trata das chamadas Dez Medidas de Combate à Corrupção, retomou há pouco os trabalhos. A reunião tinha sido suspensa pelo presidente do colegiado, Joaquim Passarinho (PSD-PA), com o início da ordem do dia.

Após mais de seis horas de espera, o relator da proposta, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), apresentou a terceira versão do relatório em duas semanas. Ele disse que as mudanças promovidas foram no sentido de “enxugar” o texto. Inicialmente com 10 medidas, o relatório chegou a apresentar 18 propostas, posteriormente reduzidas para 17, com a retirada do crime de responsabilidade para juízes e integrantes do Ministério Público.

Mais cedo, o presidente da comissão disse não acreditar na votação ainda hoje, diante do grande número de deputados inscritos para falar. Até o momento, há 25 inscritos para discutir o texto. Os integrantes da comissão terão até 15 minutos para falar e os demais deputados, 10 minutos.

De acordo com Passarinho, a intenção é começar a discussão ainda hoje e retomá-la a partir das 9h de amanhã.

Idas e vindas

Logo após o início dos trabalhos, por volta das 15h, Passarinho suspendeu a reunião por uma hora a pedido de Lorenzoni, que queria mais tempo para construir um acordo em torno do texto. Mas, depois de quatro horas, o deputado ainda não havia retornado com a versão final.

Por volta das 19h20, Passarinho suspendeu por 30 minutos a reunião para que Lorenzoni pudesse apresentar o relatório. Com o início das votações em plenário, por volta de 20h40, Passarinho disse que encerraria a sessão mesmo sem que o texto tivesse sido apresentado. Ele chegou a anunciar nova reunião para amanhã (23) de manhã, mas, diante da insistência de alguns deputados, voltou atrás e prometeu retomar os trabalhos após a ordem do dia. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 21634

A BRASIL EM FOLHAS utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies