Fiscalização no Aeroporto de Goiânia autua cerce de 30 permissionários de taxi

0 Shares
0
0
0
0

Na madrugada deste sábado (19/11), a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) fiscalizou as atividades irregulares de transporte de passageiros no Aeroporto Internacional de Goiânia Santa Genoveva. A ação ocorreu devido a uma denuncia de que vários permissionários de serviço de táxi estavam fazendo ponto em local proibido.

A Seplanh autuou cerca de 30 permissionários e apreendeu 12 veículos. O gerente de fiscalização de transportes da secretaria, João Peres, conta que alguns permissionários tentaram fugir do aeroporto quando os auditores fiscais iniciaram a ação. O gerente afirma que as tentativas de fuga são comuns durante a fiscalização no aeroporto.

“Os permissionários transitaram inclusive sobre as ilhas do aeroporto na tentativa de fugirem, porém interditamos as duas entradas e, com o nosso serviço de inteligência conseguimos realizar a ação”, explica. Os veículos que foram apreendidos na ação estão no Depósito Público Municipal.

Para retirá-los os donos deverão pagar o valor do guincho de R$ 130 e R$ 5,90 por dia de apreensão, além da multa de R$ 400. Os permissionários que conseguiram fugir da fiscalização pagarão a multa de R$ 400 e mais outra multa de R$ 600. Dentro do prazo de 10 dias, todos os permissionários notificados podem apresentar recurso à Seplanh. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 21468

0 Shares
You May Also Like