Holanda quer cooperar com Estados do Brasil Central

0 Shares
0
0
0
0

A Holanda está interessada em cooperar com a região do Brasil Central, que envolve os Estados do Centro-Oeste (Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), além de Rondônia e Tocantins, do Norte do País. Em reunião com o secretário-executivo do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC), Thiago Camargo, nesta quarta-feira, dia 7, na Embaixada da Holanda, em Brasília, o embaixador Han Peters disse que quer viabilizar parcerias na área de logística. “Temos muito conhecimento nesta área”, garantiu.

O adido econômico da Embaixada da Holanda, Jörgen Leewestein, que também participou da reunião, lembrou ainda que seu país já tem contribuído com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em estudos avançados sobre a logística da região central do país, especialmente com relação ao escoamento de grãos.

“A Holanda é a maior cliente do Brasil Central. É ela que compra a maior parte do farelo de soja produzido nessa região”, lembrou Thiago Camargo, que aproveitou a ocasião para convidar os holandeses para participarem do próximo Fórum de Governadores do Brasil Central, previsto para ser realizado em Goiânia, em fevereiro.

O embaixador aceitou o convite e se mostrou otimista com relação ao futuro da economia do País, especialmente pelos resultados apresentados pelo Brasil Central. “O que temos falado para os empresários holandeses é que o Brasil vai superar logo essa crise. Tem todas as condições para isso”, afirmou.

Logística é uma das pautas principais do Consórcio Brasil Central, que foi criado em julho de 2015 e é presidido pelo governador de Goiás, Marconi Perillo. A ideia é que Estados participantes do bloco, que juntos apresentam um superávit de US$ 15 bilhões na balança comercial, se tornem protagonistas em ações integradas de desenvolvimento regional. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 22641

0 Shares
You May Also Like