Torcida única será mantida em clássicos de futebol em São Paulo em 2017

Redação Redação

Os clássicos de futebol em São Paulo continuarão a ter torcida única em 2017. A decisão foi anunciada hoje (14), após reunião entre representantes da Secretaria de Segurança Pública, da Federação Paulista de Futebol, do Ministério Público, do Poder Judiciário e de representantes dos quatro maiores clubes estaduais. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a decisão ocorreu de forma unânime.

A regra que estabelece a torcida única nos clássicos em São Paulo, ou seja, com presença única de torcedores do clube mandante do jogo, foi estabelecida em abril deste ano após uma briga envolvendo torcedores do Palmeiras e do Corinthians na zona leste da capital, que provocou a morte de um pedestre que passava pelo local. A regra estava prevista para durar até o dia 31 de dezembro de 2016.

Segundo a secretaria, a decisão tomada em abril diminuiu os confrontos entre torcedores e aumentou o número de pessoas nos estádios.No ano passado, tivemos um público aproximado de 290 mil torcedores. Este ano, já ultrapassa os 361 mil, disse o secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho. Para ele, os torcedores voltaram a se sentir mais à vontade para ir nos jogos com familiares e amigos.

O Comando de Policiamento de Choque (CPChq) constatou que os embates entre torcidas rivais caíram 75%, o que reduziu o número de policiais para escolta das organizadas e o efetivo utilizado no entorno dos estádios. Já a 5ª Delegacia de Polícia de Repressão e Análise aos Delitos de Intolerância Esportiva (Drade), ligada ao Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), informou também que o trabalho de investigação envolvendo brigas de torcidas foi aprimorado e que conseguiu realizar mais prisões. Foram 87 mandados de prisão e 47 de busca e apreensão realizados neste ano, segundo dados da delegacia. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 23080

A BRASIL EM FOLHAS utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies