Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Diamante azul é destaque de leilão em Genebra - Jornal Brasil em Folhas
Diamante azul é destaque de leilão em Genebra


O famoso diamante azul Oppenheimer Blue, de valor estimado entre 38 milhões e 45 milhões de dólares, pode estabelecer nesta quarta-feira um novo recorde mundial no leilão da casa Christies em Genebra.

Este diamante de 14,62 quilates, de um azul luminoso e vivo, montado em um anel, pode se tornar o diamante talhado mais caro do mundo, segundo a Christies.

Trata-se da peça mais cara colocada em leilão nesta semana em Genebra, pelas tradicionais vendas de joias finas de maio organizadas pela Sothebys e pela Christies.

Ele é classificado na categoria Fancy vivid Blue, a cor mais rara para os diamantes azuis.

O recorde atual por um diamante azul pertence ao Blue Moon of Josephine, de 12,03 quilates, que foi comprado por 48,4 milhões de dólares por um magnata de Hong-Kong, Joseph Lau, em novembro de 2015 na mesma cidade suíça.

O Oppenheimer Blue forma parte da coleção do famoso diamantista londrino Sir Philip Oppenheimer (1911-1995), que controlaba o mercado mundial do diamante através da empresa De Beers.

O diamante, que passou por diversas mãos após a morte de Sir Philip, é colocado em leilão pela primeira vez.

A venda da Christies, que organiza duas vezes por ano leilões de joias finas de prestígio em Genebra, ocorre um dia após a da Sothebys, sua grande concorrente.

 

Últimas Notícias

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
MP facilita registro de empresas nas juntas comerciais
Mudança em servidor foi a causa de instabilidade ontem, diz Facebook
Corte de pessoal gera economia de R$ 200 milhões, afirma presidente
TCU pede informações antes de decidir sobre leilão de ferrovia
Leilão de aeroportos testa novo modelo em blocos
Pretendentes já ofertaram R$ 2,3 bi no leilão de aeroportos
Aeroportos foram arrematados com ágio médio de 986%

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212