Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Os 5 assuntos que vão agitar o mercado nesta quarta-feira - Jornal Brasil em Folhas
Os 5 assuntos que vão agitar o mercado nesta quarta-feira


SÃO PAULO - O Ibovespa fechou em queda na última terça-feira (17), com os Estados Unidos preocupando após uma série de dados positivos aumentarem as chances de um aumento de juros na maior economia do mundo. Nesta quarta-feira (18), o mercado deve ficar de olho nos indicadores dos EUA, com a ata da última decisão de política monetária do país. Confira os cinco assuntos que você precisa acompanhar hoje:

1. Bolsas mundiais Os mercados asiáticos e europeus registram queda nesta quarta-feira, com o principal índice acionário da China fechando no menor nível em dois meses e meio, após declarações de autoridades do banco central dos Estados Unidos reacenderem perspectivas de alta da taxa de juros no país já em junho. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,58 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 1,28 por cento, menor nível de fechamento desde o dia 1 de março. A confiança foi afetada pela fraqueza em Wall Street, após dados fortes dos preços ao consumidor e, outros indicadores econômicos norte-americanos, aumentarem as chances de uma elevação dos juros em breve. No Japão, as ações e o iene tiveram sessão volátil, com os mercados digerindo a surpreendentemente forte taxa anualizada de crescimento de 1,7 por cento no trimestre entre janeiro e março, o que pode estar mascarando pontos de fraqueza. A probabilidade de alta dos juros do Fed em dezembro aumentou de 56% na segunda-feira para 65% ontem após CPI acima do previsto nos EUA; chance de alta em novembro passou de 41% para 51%. No continente europeu, o DAX registra queda de 0,25%, o FTSE tem baixa de 0,43% e o CAC 40 cai 0,31%.

2. Eletrobras Terminou ontem o prazo para a Eletrobras (ELET3; ELET6) apresentar as suas contas de 2014 para a SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos). Com a não apresentação, a empresa teve a negociação de seus ADRs suspensa na Nyse, com risco de cancelamento do registro da companhia brasileira no exterior, o que pode gerar um problema de até R$ 40 bilhões.

3. Ata do Fomc (EUA) A lista de indicadores importantes desta quarta traz a ata do Fomc, que será divulgada às 15h00 (horário de Brasília).

4. Estoques de petróleo Os estoques do petróleo em Cushing, Oklahoma, serão divulgados hoje às 11h30. Na semana passada, os estoques ficaram em uma queda de 3,41 milhões de barris.

5. Votação da meta fiscal O novo presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), deputado Arthur Lira (PP-AL), disse que vai se reunir até hoje (18) com o ministro do Planejamento, Romero Jucá, para tratar da votação do Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN 1/2016), que altera a meta fiscal, e da escolha do relator da proposta na comissão. Segundo Lira, como o prazo para a votação do PLN está se esgotando, ele quer definir o relator junto com o ministro. “Vou conversar com o Jucá para definir um relator que seja alinhado com o projeto, até porque não pode ter mais emendas na comissão e o prazo está se esgotando”, disse. Segundo o governo do presidente interino Michel Temer, caso a aprovação não ocorra, a equipe econômica terá que fazer um corte adicional de despesas, podendo levar à paralisação da máquina pública. Diante da pressa do governo em colocar o tema em votação, Arthur Lira prometeu se reunir com os coordenadores e líderes na comissão para tentar votar o projeto hoje. O PLN 1/2016 altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para propor um novo mecanismo de ajuste na meta de superávit primário. O texto foi encaminhado pela presidente afastada Dilma Rousseff no fim de março, com a projeção de um déficit de quase R$ 100 bilhões.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212