Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ministro venezuelano nega que decreto de emergência preveja expropriações - Jornal Brasil em Folhas
Ministro venezuelano nega que decreto de emergência preveja expropriações


O governo venezuelano negou nesta segunda-feira que a emergência econômica declarada na última sexta-feira contemple a possibilidade de realizar expropriações.

Diz-se que o decreto cria uma forma de expropriação. Isso é mentira (...), são especulações. O decreto não foi feito para expropriar nenhuma empresa, disse o ministro da Indústria e do Comércio, Miguel Pérez Abad, em uma reunião com empresários no estado Aragua (norte), transmitida pela televisão estatal.

O decreto de emergência autoriza o Executivo a dispor de bens do setor privado para garantir o abastecimento de produtos básicos, em grave escassez, embora não informe se pagará para usar esses recursos.

As medidas fixam limites à entrada e saída de moeda local em espécie, e se justificam em uma guerra econômica que, segundo o governo, afeta o acesso a bens e serviços para gerar mal-estar e romper a norma constitucional.

Com isso, o presidente socialista Nicolás Maduro busca enfrentar um crise refletida em uma inflação de 108,7% entre janeiro e setembro de 2015 e uma contração do PIB de 4,5% no mesmo período, segundo informou o Banco Central (BC) na última sexta-feira.

De acordo com estimativas de consultorias privadas, há na Venezuela uma escassez de dois terços dos itens básicos e a inflação acumulada em 2015 superou os 200%, em meio à grande queda dos preços do petróleo, de onde o país obtém 96% de suas divisas.

Maduro pretende reunir-se na terça-feira com empresários na inauguração do Conselho Nacional de Economia Produtiva, onde apresentará a agenda econômica bolivariana que guiará nossos passos da emergência à estabilidade e ao crescimento, escreveu no Twitter.

O ministro da Indústria e do Comercio insistiu que o decreto pretende implementar um plano produtivo nacional, elevar a captação de divisas e diversificar suas fontes de renda.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro participa no Chile de Cúpula Presidencial Sul-Americana
Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212