Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Arquiteto que projetou Serra Dourada será premiado na Itália - Jornal Brasil em Folhas
Arquiteto que projetou Serra Dourada será premiado na Itália


Uma praça esportiva aconchegante e querida pelo povo goiano. Assim o Serra Dourada é visto desde o ano de sua inauguração, em 1975. E é por sua projeção e outras tantas obras importantes que o arquiteto Paulo Mendes da Rocha, de 87 anos, venceu o Leão de Ouro na Bienal de Arquitetura de Veneza. O brasileiro receberá o prêmio durante uma solenidade neste sábado, dia 28, em Veneza, na Itália.

Paulo Mendes será o primeiro brasileiro da história a receber a honraria. Seu nome foi indicado pelo arquiteto chileno Alejandro Aravena, curador da 15ª edição da Bienal. A sugestão acabou acatada pelos diretores da mostra, que levaram em conta o conjunto de suas obras. Uma das características mais marcantes dos projetos assinados pelo brasileiro, conforme explicou a curadoria, é a atemporalidade.

“Muitas décadas após serem construídos, cada um de seus projetos resiste ao avanço do tempo, tanto estilisticamente e fisicamente. Essa consciência estarrecedora deve ser a consequência de sua integridade ideológica e sua genialidade estrutural. Ele é um desafiador inconformado e, ao mesmo tempo, um realista apaixonado”, disse Aravena ao jornal Folha de São Paulo.

Obra peculiar
A peculiaridade das obras de Paulo Mendes observadas pelo curador da mostra italiana é fielmente percebida no Serra Dourada. Mesmo sendo um “quarentão”, o estádio ainda preserva as suas características de quando foi inaugurado. Passa por reformas estruturais de conservação, mas mantém a geometria proposta pelo seu criador.

Além do Leão de Ouro, o arquiteto também já venceu o Pritzker, considerado o maior prêmio de arquitetura do mundo. Depois de Oscar Niemeyer, Paulo Mendes foi o único brasileiro receber tal reconhecimento, em 2006. Algumas obras que recebem a assinatura do arquiteto capixaba são o Clube Atlético Paulistano, a reforma da Pinacoteca de São Paulo, o Pavilhão Oficial do Brasil na Expo 70, em Osaka, no Japão, e o Museu Brasileiro da Escultura (Mube).

A sede da superintendência de Esporte da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) atualmente funciona no Serra Dourada. O estádio é administrado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop).

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212