Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


12 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Arquiteto que projetou Serra Dourada será premiado na Itália - Jornal Brasil em Folhas
Arquiteto que projetou Serra Dourada será premiado na Itália


Uma praça esportiva aconchegante e querida pelo povo goiano. Assim o Serra Dourada é visto desde o ano de sua inauguração, em 1975. E é por sua projeção e outras tantas obras importantes que o arquiteto Paulo Mendes da Rocha, de 87 anos, venceu o Leão de Ouro na Bienal de Arquitetura de Veneza. O brasileiro receberá o prêmio durante uma solenidade neste sábado, dia 28, em Veneza, na Itália.

Paulo Mendes será o primeiro brasileiro da história a receber a honraria. Seu nome foi indicado pelo arquiteto chileno Alejandro Aravena, curador da 15ª edição da Bienal. A sugestão acabou acatada pelos diretores da mostra, que levaram em conta o conjunto de suas obras. Uma das características mais marcantes dos projetos assinados pelo brasileiro, conforme explicou a curadoria, é a atemporalidade.

“Muitas décadas após serem construídos, cada um de seus projetos resiste ao avanço do tempo, tanto estilisticamente e fisicamente. Essa consciência estarrecedora deve ser a consequência de sua integridade ideológica e sua genialidade estrutural. Ele é um desafiador inconformado e, ao mesmo tempo, um realista apaixonado”, disse Aravena ao jornal Folha de São Paulo.

Obra peculiar
A peculiaridade das obras de Paulo Mendes observadas pelo curador da mostra italiana é fielmente percebida no Serra Dourada. Mesmo sendo um “quarentão”, o estádio ainda preserva as suas características de quando foi inaugurado. Passa por reformas estruturais de conservação, mas mantém a geometria proposta pelo seu criador.

Além do Leão de Ouro, o arquiteto também já venceu o Pritzker, considerado o maior prêmio de arquitetura do mundo. Depois de Oscar Niemeyer, Paulo Mendes foi o único brasileiro receber tal reconhecimento, em 2006. Algumas obras que recebem a assinatura do arquiteto capixaba são o Clube Atlético Paulistano, a reforma da Pinacoteca de São Paulo, o Pavilhão Oficial do Brasil na Expo 70, em Osaka, no Japão, e o Museu Brasileiro da Escultura (Mube).

A sede da superintendência de Esporte da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) atualmente funciona no Serra Dourada. O estádio é administrado pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop).

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio entrega título de Cidadã Goiana a cantora Joelma
Fundo Nacional do Idoso é aprovado na Câmara
Aval do TCU é suficiente para cessão onerosa, dizem técnicos da Corte
Acordo possibilitará investimentos privados em segurança pública
Vazamento de óleo afetará reprodução da fauna em mangue, diz ONG
Temer e Bolsonaro lamentam tragédia em Campinas
Jungmann coloca PF à disposição para apuração de caso de Campinas
Ministro da Cultura inicia comemorações aos 200 anos da independência

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212