Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Marconi e Valéria participam do encerramento das Cavalhadas em Palmeiras - Jornal Brasil em Folhas
Marconi e Valéria participam do encerramento das Cavalhadas em Palmeiras


O governador Marconi Perillo participou neste domingo (29/05) da festa de encerramento das Cavalhadas na terra natal dele, Palmeiras de Goiás. Foi recebido no Parque de Exposições da cidade com entusiasmo pelos palmeirenses. Antes de chegar ao local destinado às autoridades, atendeu a dezenas de pedidos para fotos. Ao lado da primeira-dama, Valéria Perillo, desfilou com integrantes das Cavalhadas às margens do Campo de Batalha.

Em uma espécie de teatro a céu aberto, ao som da banda Corporação Musical 13 de Maio, de Corumbá de Goiás, o governador assistiu à encenação de várias manobras representativas de guerra ocorrida na Idade Média. Cavaleiros com traje azul, representando os Cristãos e, de vermelho, os Mouros, simularam estratégias de combate.

Marconi assistiu também à apresentação de meninas da cidade, que dançaram coreografias típicas de Portugal, país de onde originou a tradição das Cavalhadas. Durante todo o tempo em que prestigiou as apresentações, ele e Valéria foram requisitados para selfies e cumprimentos de populares, amigos e parentes do governador que residem em Palmeiras.

A festa chegou à 108ª edição, uma das mais antigas de Goiás e do Brasil. De acordo com os organizadores, 30 mil pessoas participaram dos três dias do evento. A partir deste ano, o Governo de Goiás, por meio da GoiásTurismo, unificou no Circuito das Cavalhadas as representações que ocorrem nas cidades de Palmeiras de Goiás, Jaraguá, Posse, Santa Cruz, Pirenópolis, São Francisco de Goiás e Corumbá de Goiás.

Os municípios que mantêm a tradição de promover o evento vão receber, entre outros tipos de apoio, recursos e divulgação em massa do evento. De acordo com a GoiásTurismo, novos investimentos devem potencializar ainda mais as Cavalhadas, já que estão sendo tratados de maneira global pelas agências de turismo.

Prefeito de Palmeiras de Goiás, Alberane Marques afirmou que o novo modelo de gestão da festa já produziu resultados, atraindo mais pessoas para a cidade. “Esse trabalho que o governo criou, essa união ajuda muito porque fortalece as Cavalhadas, de maneira em que todos somando esforços, divulgando, é mais eficaz do que cada cidade fazendo a própria divulgação”, afirmou.

“É uma das mais bonitas tradições culturais e folclóricas que temos no Brasil. Felizmente Palmeiras preserva essa tradição há 108 anos. É um patrimônio imaterial. Sempre gosto de vir com a Valéria trazer nosso apoio à manutenção dessa cultura que nós temos no interior do Brasil”, afirmou Marconi, que lançou bombons e brindes para os cavaleiros mascarados, que tradicionalmente “invadem” a arena no intervalo das manobras dos Mouros e Cristãos.

Também participaram do evento o presidente da Goiás Turismo Leandro Garcia, o deputado federal Marcos Abrão, o prefeito de Trindade Jânio Darrot, e também lideranças políticas de Palmeiras e de municípios vizinhos.

História

A Festa do Divino, que inclui as Cavalhadas, iniciou em Portugal por incentivo da Rainha Isabel. A festa foi trazida para o Brasil pelos jesuítas na época do descobrimento nos anos 1500. De acordo com a tradição, a guerra entre Cristãos e Mouros é uma das lutas do rei Carlos Magno e dos doze Pares de França contra exércitos de religião islâmica (Mouros).

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212