Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Gigantes da rede social se unem para combater discursos de ódio e terrorismo - Jornal Brasil em Folhas
Gigantes da rede social se unem para combater discursos de ódio e terrorismo


Facebook, Twitter, Microsoft e YouTube concordaram em regulamentos europeus que os obrigam a rever “a maioria dos” conteúdos online categorizados como ofensivos dentro de 24 horas a contar da notificação – e para removê-lo, se necessário – como parte de um novo código “de conduta “destinado a lutar contra o discurso de ódio e propaganda terrorista em toda a União Europeia. As novas regras foram anunciadas pela Comissão Europeia que também obrigam as empresas de tecnologia identificarem e promoverem ações contra “narrativas independentes” para o discurso do ódio e propaganda publicada online.

Incitação ao ódio e propaganda tornaram-se uma grande preocupação para os governos europeus após os ataques terroristas em Bruxelas e Paris, e em meio à crise de refugiados em curso, que tem inflamado as tensões raciais em alguns países. Facebook tem trabalhado com o governo alemão para combater de forma mais proativa os conteúdos racistas ou xenófobicos, depois de enfrentar críticas iniciais do ministro da Justiça do país. Facebook, Twitter e Google também já concordaram em remover o discurso do ódio de suas plataformas dentro de 24 horas na Alemanha. “Os recentes ataques terroristas nos lembraram da necessidade urgente de tratar o discurso de ódio online ilegal”, comentou Vera Jourová, comissária da UE para a Justiça.

 

Últimas Notícias

Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores
Polícia Ambiental busca jiboia desaparecida em prédio de Brasília
Justiça de Goiás bloqueia bens de Marconi Perillo e de ex-secretário
Partidos lançam frente de apoio à candidatura de Haddad
Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro
Polícia descobre autora de tratamento estético que matou mulher no Rio
Corregedor instaura processo para apurar exoneração de juíza no Pará
Mercosul repudia atos na Nicarágua e adverte sobre risco à democracia

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212