Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cientistas querem que robô sinta dor para proteger melhor os seres humanos. Entenda - Jornal Brasil em Folhas
Cientistas querem que robô sinta dor para proteger melhor os seres humanos. Entenda


Pesquisadores na Alemanha estão desenvolvendo um caminho para robôs sentirem dor, na esperança de que essa atitude contribua para que eles protejam melhor os seres humanos. Os pesquisadores, da Universidade Leibniz de Hannover, estão trabalhando em um “sistema nervoso robô artificial para ensinar robôs como sentir dor”, relatou a IEEE Spectrum, e apresentou seu projeto em uma conferência de robótica e automação na Suécia. Sob o sistema, os robôs identificariam a dor e responderiam rapidamente para evitar maiores danos às suas peças.

Johannes Kuehn, um dos investigadores que trabalham no sistema, diz que permitir robôs de sentir e reagir a dor poderia ajudar a mitigar os danos da mesma forma que os seres humanos se protegerem. “A dor é um sistema que nos protege,” diz Kuehn IEEE Spectrum. “Quando nós escapamos da fonte da dor, ela nos ajuda a não se machucar.” À medida que mais robôs trabalharem ao lado de seres humanos no futuro, o sistema também evitaria acidentes potencialmente perigosos causados ​​por pequenas alterações ao equipamento de um robô.

Kuehn e seu colega, Sami Haddadin, desenvolveram um controlador protótipo com um sensor de dedo tátil que detecta a temperatura e pressão. O modelo baseia-se na forma como os humanos sentem dor tátil, e inclui um “modelo nervoso é inspirado na estrutura da pele humana.” Se a força aplicada ao sensor excede um determinado limite, o sistema irá enviar alertas repetitivos ao robô, além de classificá-la como leve, moderada ou grave, permitindo que o robô se afaste em conformidade.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212