Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 A vida de Obama depois da Casa Branca - Jornal Brasil em Folhas
A vida de Obama depois da Casa Branca


Nesta quarta-feira, faltará exatamente um ano para que o presidente americano deixe a Casa Branca. Como será a vida de Barack Obama como um cidadão comum?

Os ex-presidentes raramente permanecem na capital federal depois de terem vivido e trabalhado no mais antigo de seus edifícios públicos.

Jimmy Carter voltou para Geórgia; Ronald Reagan, para a Califórnia. Bill Clinton optou por Nova York, onde criou uma fundação com seu nome, enquanto sua esposa, Hillary - agora pré-candidata para as eleições presidenciais de novembro -, lançou sua carreira política como senadora.

Mas ainda se desconhece para onde irá a família Obama no dia 20 de janeiro de 2017.

Cada vez que um de seus membros demonstra interesse por alguma propriedade de luxo em Palms Springs ou Honolulu, a imprensa especula que poderia ser um investimento disfarçado e destinado, na realidade, ao casal presidencial. Tudo em vão: nenhuma informação confiável foi associada até o momento.

Barack Obama, que tem raízes profundas em Chicago - cidade onde iniciou sua carreira política e comemorou a vitória presidencial em 2008 -, disse que instalará ali sua biblioteca presidencial e sua fundação.

Foi onde encontrei uma forma de idealismo, onde conheci minha esposa, onda nasceram minhas filhas, contou.

No entanto, nada indica que o casal voltará para a cidade dos ventos.

A esta altura, Chicago é provavelmente pequena demais para eles, considera Peter Slevin, professor da Universidade Northwestern e autor do livro biográfico Michelle Obama, a life (Michelle Obama, uma vida, em tradução livre).

A única pista verdadeira deixada por Barack Obama foi a de que sua família será a prioridade.

As meninas e Michelle fizeram muitos sacrifícios por minha louca ideia de me tornar presidente, disse em 2013 ao canal ABC.

Em 2017, Malia, a mais velha, ingressará na universidade. Sasha, que agora estuda no colégio particular Sidwell Friends, em Washington, deverá terminar o ensino fundamental em dois anos.

Nova York mais do que Chicago

Seus amigos acreditam que os Obama viverão um tempo em Washington e logo se mudarão para Nova York, explica Peter Slevin, destacando que esta cidade poderia oferecer um pouco mais de anonimato à família, uma noção que neste caso é muito relativa.

A primeira-dama sempre descartou a ideia de se lançar na política, como fez Hillary Clinton. Há três coisas certas na vida, brincou o presidente há alguns dias, a morte, os impostos e o fato de que Michelle não será candidata à Casa Branca.

O dinheiro certamente não será um problema. Barack Obama, que tem um grande talento para a escrita, irá se dedicar ao tradicional e lucrativo exercício da autobiografia.

Escrever memórias sempre foi considerado um meio aceitável de capitalizar uma presidência, destacou o historiador Mark Updegrove, diretor da biblioteca Lyndon B. Johnson em Austin (Texas).

Também não faltarão propostas de conferências generosamente remuneradas, tanto nos Estados Unidos quanto no exterior. A única questão é saber até que ponto desejará comercializar seu trabalho anterior, acrescentou Updegrove.

Além disso, o primeiro presidente negro dos Estados Unidos mencionou a vontade de trabalhar com jovens pertencentes a minorias de bairros pobres, onde o fracasso escolar, o desemprego e as taxas de criminalidade são muito maiores em relação a outras áreas, com o objetivo de que a igualdade de oportunidades não seja uma frase vazia.

Foram muitos os ex-inquilinos da Casa Branca que conseguiram deixar um rastro em sua vida pós-Washington.

Derrotado em 1829 depois de seu primeiro mandato, John Quincy Adams foi eleito no Congresso, onde trabalhou até o fim de seus dias. Graças ao seu talento excepcional como orador, marcou o espírito da luta contra a escravidão.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212