Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


27 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Contrato matrimonial assinado por Napoleão e Josephine será vendido - Jornal Brasil em Folhas
Contrato matrimonial assinado por Napoleão e Josephine será vendido


Um contrato de casamento assinado como testemunhas por Napoleão Bonaparte e sua esposa Josephine vai à venda em fevereiro, anunciou nesta terça-feira uma empresa americana, que espera obter US$ 20.000 pelo documento raro.

Este é um dos primeiros documentos assinados por Napoleão e sua primeira esposa após se tornarem imperadores, que assinaram o mesmo como testemunhas do casamento do general August Hulin e Marie Jeanne-Louise Tiersonnier, segundo a empresa Lion Heart Autographs.

O documento, do início do século XIX, também tem a assinatura de seis marechais que estiveram sob o comando de Napoleão e outras pessoas notáveis ​​da França.

Será vendido em uma feira de antiguidades programada para acontecer entre os dias 10 e 16 de fevereiro, no centro de convenções de Palm Beach, na Flórida (sudeste dos EUA).

É definitivamente o contrato de casamento da mais alta qualidade assinado pelo imperador Napoleão e a imperatriz Josephine, afirmou David Lowenherz, proprietário da empresa detentora do documento.

Segundo a empresa, existem poucos documentos semelhantes em mãos privadas.

Josephine de Beauharnais (1763-1814) se casou com o general Napoleão Bonaparte (1769-1821) em 1796, mas foi repudiada em 1809 por não lhe dar um herdeiro.

Lion Heart Autographs também vai vender outros documentos interessantes, incluindo uma carta de Albert Einstein, rabiscos do presidente americano Dwight Eisenhower e uma carta de Charles Darwin para um companheiro de viagem a bordo do Beagle, em que visitou as Ilhas Galápagos.

 

Últimas Notícias

Temer deixa prédio da Polícia Federal no Rio
Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212